quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Dermatologista dá dicas sobre como manter a pele das mãos com aparência saudável por mais tempo.

Protetor solar é indispensável, além de cremes hidratantes com agentes emolientes, e evitar o manuseio de produtos químicos sem luvas
As mãos precisam de cuidados para permanecerem saudáveis, macias e com uma boa aparência. Não diferente da pele do rosto, as mãos estão constantemente expostas e sofrem com os efeitos dos raios ultravioletas e dos mais diversos produtos químicos. De acordo com a dermatologista Marcella Gramigna Magalhães Barbalho (CRM 21407), da equipe do médico Gilvan Alves (CRM 7940), ao longo dos anos as mãos tendem a ficar com aspecto envelhecido, ressecado e com manchas.
 “Isso acontece porque a pele nessa região é mais fina e possui menor quantidade de glândulas sebáceas, o que a torna mais vulneráveis à desidratação e às mudanças de temperaturas. O hábito constante de lavar as mãos, o uso de água quente, de produtos antibacterianos como sabonetes, álcool gel, e o manuseio com produtos químicos em geral agridem e ressecam a pele das mãos”, explica a dermatologista.
 A médica enumera alguns cuidados que devem ser tomados: escolher bem os produtos para higienização das mãos e não usar água muito quente; optar por sabonetes suaves, formulados com PH neutro, pois são menos agressivos; e passar creme hidratante que contenha agentes emolientes, como a glicerina e alantoína, aplicando regularmente ao longo do dia.
 “Também recomendamos o uso de luvas ao manusear produtos químicos como detergentes, sabões, água sanitária. O protetor solar é indispensável. Aplicar ao sair de casa, principalmente se for dirigir, pois nessa hora as mãos ficam bastante expostas ao sol. Existem luvas próprias para dirigir com proteção solar no tecido”, diz a dermatologista Marcella Barbalho.


Contatos: Patrícia Fahlbusch - 9908-0172 / 3365-1261 

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo