domingo, 8 de novembro de 2015

Atriz Taís Araújo é alvo de comentários racistas em redes sociais. Polícia do RJ investiga o caso

No DF, escola de Educação Infantil CEAV Jr. investe na igualdade dos estudantes por meio de projeto que utiliza bonecos de diferentes cores.
 A atriz da Rede Globo de Televisão, Taís Araújo, foi hostilizada, nas últimas semanas, por usuários de redes sociais por ser negra. Ela foi alvo de comentários racistas. O caso é investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. A atriz desabafou: "É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso, mas não podemos nos calar. (...) Eu não vou apagar nenhum desses comentários. Faço questão que todos sintam o mesmo que eu senti: a vergonha de ainda ter gente covarde e pequena neste país. (...) Não vou me intimidar, tampouco abaixar a cabeça". No mês de julho, a jornalista Maria Júlia Coutinho, que apresenta a previsão do tempo no telejornal Jornal Nacional, também da TV Globo, foi alvo de comentários racistas na internet.

 Investindo não só na educação, mas na cidadania e principalmente na igualdade dos alunos desde cedo, a escola de Educação Infantil CEAV Jr. implantou nas unidades de ensino de Taguatinga e de Águas Claras o projeto Meu Amigo – Eu Me Importo. As crianças levam para casa bonecos que representam ‘um amigo’ delas, sendo eles de cor preta ou branca, ou com algum tipo de deficiência física. A cada fim de semana, um aluno leva o boneco apelidado de “Fofinho” para casa e faz programações na companhia do brinquedo.
 “Pensamos em iniciar esse projeto na primeira etapa da educação escolar, pois sabemos que os valores transmitidos nessa fase ficam para vida toda. O objetivo é mostrar para as crianças que, independentemente da cor ou algum tipo de deficiência, todos são iguais perante a sociedade. Não deixamos de ser importantes por termos cor de pele diferente, por exemplo, a diferença está em nossos corações, em nossas atitudes e caráter”, declarou Roberta Bueno, diretora pedagógica do CEAV Jr.
 A diretora acrescentou que o projeto trabalha de forma mais incisiva valores e virtudes como respeito, companheirismo, amizade, responsabilidade, assuntos sérios, mas que ainda são abstratos para uma criança. Roberta Bueno garante que a iniciativa já produz resultados positivos.
 “A escola é um espaço privilegiado para a formação e desempenha um papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilo de vida. O projeto está sendo um sucesso, pois os alunos já aprenderam a lidar com as pessoas com mais respeito”, comemora a diretora.

 Aluno com o boneco 'Fofinho': investimento na igualdade.
fonte: Objetiva
Foto: divulgação/CEAV Jr.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo