quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Inspirações mineiras na 24ª Casa Cor Brasília

A exposição já está chegando ao fim! Mas, até o dia 10 de novembro, ainda dá tempo de conhecer ou revisitar os ambientes. Uma dica para quem é fã das terras mineiras é passar no Recanto nas Nuvens, de Márcio Corrêa e Cecília Werneburg. A dupla de arquitetos trouxe vários elementos de Minas Gerais para compor o espaço. É uma forma de homenagem ao estado em que Márcio nasceu, na pequena cidade de Raul Soares.
Em uma das principais paredes, há dois quadros com pinturas de pássaros da fauna brasileira. Originalmente, eles são fragmentos de duas portas de madeira de antigas casas de Tiradentes. Próximo a mesa de jantar do espaço, que também conta com living, home-theater e adega, também há um quadro com 2304 cápsulas de café recicladas. Márcio juntou as unidades ao longo de três anos e confeccionou a obra, que reproduz uma parte do teto da Igreja de Santo Antônio, pintada por Mestre Ataíde no século XVII, em Santa Bárbara (MG).
Cecília Werneburg e Márcio Corrêa, café ao fundo
O Recanto ainda inclui antigas gameleiras de madeira da família de Márcio, com peças típicas do cerrado, como frutos de buriti e lanças de palmeira jerivá. Para completar o tom rústico, o espaço conta com algumas inspirações baianas. Ele inclui grandes esculturas de algodão cru, fornecidos por uma fazenda no oeste da Bahia e móveis da Tidelli, fábrica com sede no estado.
Os últimos dias da Casa Cor também são uma ótima oportunidade para adquirir peças por um preço mais em conta. Nos dias 9 e 10 de novembro, várias peças vão estar em promoção, como a mesa de jantar e o jogo de cadeiras do Recanto nas Nuvens
Fonte:DESTAK
5) Cecília Werneburg e Márcio Corrêa, café ao fundo - Foto de Fábio Dias

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo