quinta-feira, 31 de março de 2016

31 de março, Dia da Saúde e Nutrição: alimentação saudável deve começar na infância, dizem especialistas

Na escola CEAV Jr., estudantes participam do preparo dos lanches
 O Dia da Saúde e Nutrição é celebrado em 31 de março. A data faz parte do calendário oficial do Ministério da Saúde e o objetivo é conscientizar a população sobre a importância da saúde e da boa alimentação. Para isso, a adoção de hábitos saudáveis deve começar cedo, logo na infância, e a escola tem papel fundamental para introduzir produtos mais naturais e frescos nos lanches dos alunos.
 É o que acontece na escola de Educação Infantil CEAV Jr., onde é adotado o projeto Cozinha Experimental. De acordo com a diretora pedagógica da unidade Águas Claras, Silvana Ferreira, na próxima semana, por exemplo, os alunos vão ajudar no preparo da receita ‘brigadeiro de batata doce com açúcar mascavo’.
 “Durante o projeto os alunos participam do processo de preparação dos lanches saudáveis. Com isso ficam mais interessados nesse tipo de alimentação, e é mais fácil substituir os produtos processados pelos naturais e frescos na rotina deles. Pelo menos na escola cumprimos o papel de fazer da alimentação uma parte muito mais importante do que simplesmente matar a fome, é incluir o consumo de nutrientes para o bom funcionamento do corpo e elevar a qualidade de vida”, analisa Silvana, acrescentando que o projeto Cozinha Experimental conta com o auxílio da gastróloga Vanessa Prado.
 A gastróloga diz que os alunos do CEAV Jr. participam da elaboração de receitas de fácil compreensão e de manuseio rápido.
 “É difícil fazer as crianças trocarem, por exemplo, as batatas fritas por brócolis, tomate e alface. Mas a solução está nas cores dos alimentos: o prato deve ser o mais colorido possível. A refeição deve ter, no mínimo, cinco cores. Algumas crianças contam que nunca comeram frutas, e que não gostam de legumes ou de salada verde de jeito nenhum. Mas aos poucos mudam de opinião e pedem refeições como caldo verde de mandioquinha com couve, salada de frutas, tapioca, sucos naturais e espinafre refogado com cenoura”, afirma Vanessa Prado, que acrescentou: “Na escola fazemos nossa parte e precisamos que os pais ajudem oferendo alimentos saudáveis em casa também”.
Foto: divulgação/CEAV Jr. (crédito obrigatório) - Alunos do CEAV Jr. participam da elaboração de receitas de fácil compreensão e de manuseio rápido

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo