segunda-feira, 11 de abril de 2016

Águas Claras ganha fórum

A inauguração do Fórum de Águas Claras, Helládio Toledo Monteiro, nesta segunda-feira (11), foi um momento importante para o Judiciário, e que foi compartilhado pela deputada Celina Leão, presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), assim como diversas autoridades, como o governador Rodrigo Rollemberg. O presidente do TJDFT, desembargador Getúlio de Moraes Oliveira, presidiu a solenidade de entrega do prédio, localizado na Quadra 202, Lote 1, Praça Irerê da região administrativa.
A nova Casa de Justiça homenageia um de seus ex-presidentes, o desembargador Helládio Toledo Monteiro, falecido em 1986.
A circunscrição judiciária, que ocupa 6.856 m² de área construída, vai atender a população tanto da região administrativa de Águas Claras, assim como a de Vicente Pires, conforme a Resolução 1/2016.
“Algo que é mais sagrado para a população, é realmente ter acesso a justiça. E tem algo que é constitucional que nós sabemos que é ter um prazo razoável para que os processos sejam julgados em tempo razoável. E tempo razoável não se faz sem a estrutura necessária. Quando o Tribunal de Justiça amplia seu espaço físico e já providencia todo seu corpo técnico para que possa dar procedimento a jurisdição do DF, dando uma condição de atendimento adequado não só à região de Águas claras, mas também a Vicente Pires, reduz o número de demandas de processos que iriam para o Fórum de Taguatinga”, avaliou Celina.
A presidente da CLDF enalteceu o trabalho do TJDFT para a concretização da instalação do Fórum em Águas Claras. “Vossa Excelência, desembargador Getúlio de Moraes, e todos os desembargadores que fazem parte da justiça, reconhecem com esse gesto de trabalho que esse direito constitucional de tempo razoável é verdadeiramente direito”, parabenizou Celina. E completou: “a CLDF se sente muito honrada em participar desse ato público. No momento que vemos o protagonismo do judiciário, a CLDF se une aos senhores e lhe deseja boa sorte. O que a CLDF puder fazer por esta jurisdição, contem conosco“, se comprometeu Celina Leão.
Neste primeiro momento, a circunscrição judiciária contará com duas Varas Cíveis; uma Vara Criminal e Tribunal do Júri; uma Vara de Família e de Órfãos e Sucessões; um Juizado Especial Cível; e um Juizado Especial Criminal e Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.
O projeto do prédio seguiu o modelo adotado nos Fóruns de Brazlândia, Núcleo Bandeirante e Guará, com as adaptações necessárias. Também foram aplicadas as normas de acessibilidade universal.
Assessoria de Comunicação da deputada Celina Leão

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo