terça-feira, 12 de abril de 2016

#CAMPANHA 02 #2016 Sem parceria, ha divulgação, valorize meu trabalho!

Profissionalize-se! Blogs de Brasília não devem e nem podem trabalhar de forma gratuita. É preciso cobrar por todo e qualquer serviço prestado. Seja ele: Postagem de produtos, marcas, empresas, eventos e etc. Acompanhar, cobrir, divulgar, compartilhar e até mesmo, informar sobre determinado segmento. Os blogs estão cada vez mais profissionais, empreendedores de sucessos vivem em seus 'home office' e também sonham em expandir seu negócio, mas para que o mercado valorize, cobre os custos.Ir prestigiar um evento requer gastos com gasolinadeslocamentohonorários jornalísticos/blogueiros, tempo de serviços extras,fotografia, elaboração de textos, publicação em redes sociais e muito mais. Faça sua tabela comercial para eventos, para coberturas, para posts, para prestação ser serviços, consultoria, etc.É chegada a hora de bater a tecla [enter] e dizer não aos empresários, assessorias, marketing, agências e demais interessados em divulgação em blogs de Brasília, sem nenhum vínculo. Valorize seu trabalho e sua categoria. Sem parceria, não deve ter divulgação. Afinal, quem paga as horas que você passa em frente ao computador? Seus honorários na blogosfera devem ser calculados e todo e qualquer conteúdo de terceiros ou para terceiros, deve ser PAGO!Brasília tem mais de 500 blogs e sites. Muitos, por paixão a determinado assunto e outros, em média 150, profissionais, de empresas/empreendedores, que dedicam 70% do seu tempo nisso. Em suma, com formação superior, gastos com internet, provedor, fotografia, elaboração de conteúdo, revisão, postagem, publicização, deslocamento, telefone e muito mais. No final das contas, eu te pergunto, quanto foi que contribuíram com sua conta bancária? Quantas notas fiscais você tem emitido por mês? Qual foi sua declaração de Imposto de Renda? Blog é um trabalho. Custa caro e deve ser cobrado. Tudo é tabelado e tem o seu preço. O retorno é incrível, por isso, virou moda e estilo de vida.

Mas, os empresários e as grandes marcas, utilizam de suas 'assessorias de imprensa' ou estratégias com coquetéis, almoços, jantares, brindes, cortesias, etc, para driblar o comercial e na hora de fazer o planejamento de mídia, esquecem de por verba para "mídia online". Sabe porque!? Por que muita gente ainda divulga de graça. Não se valoriza e prostitui o mercado de comunicação online. Influenciadores digitais, jornalistas, blogueiros, editores de sites e etc, devem cobrar por tudo que é feito na internet.
“Juntos Somos Mais Fortes”, por isso, se ainda não começou a fazer do seu site, portal, blog, etc, empresa, vá até o Sebrae-DF, procure um contador e capacite-se para isso. Já é fato que Brasília é uma das capitais mais conectadas do país e 70% deste público, mais de 1 milhão de leitores, navegam através de plataformas mobile, ou seja, via celular.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo