sexta-feira, 8 de abril de 2016

Cultura árabe na CLDF

Uma parceria celebrada entre a Liga dos Estados Árabes, a Câmara do Comércio Árabe Brasileira e a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) garantiu a realização da mostra ‘O mundo árabe: civilização e diversidade’. A exposição foi aberta nesta sexta-feira (8), no Foyer da CLDF. “Esta é mais uma oportunidade de conhecermos a cultura árabe. Estão aqui quadros, livros, catálogos, filmes, músicas, objetos de arte e vestuário, entre outros itens de 16 países do Oriente Médio e Norte da África que nos dão uma noção da cultura e das tradições daquelas nações”, destacou a presidente da CLDF, deputada Celina Leão.

 A exposição faz parte das comemorações do Dia da Comunidade Árabe no Brasil, ocorrida em 25 de março passado e poderá ser visitada até 6 de maio.

“Com esta mostra demonstramos que estamos abertos ao intercâmbio cultural, com o objetivo conhecer o universo da cultura árabe, e fazermos uma viagem maravilhosa. Fazer um passeio a esta cultura é uma oportunidade de ter acesso a diversidade cultural e estreitar os laços entre o nosso país e povo árabe”, enfatizou a parlamentar. E completou: “Ao termos acesso a esta exposição, podemos matar a nossa curiosidade em relação a cultura árabe. É uma cultura fascinante, que encanta ao povo brasileiro”.
A exposição ‘O Mundo Árabe: Civilização e Diversidade’ terá fotos, vídeos, trajes típicos, objetos de arte, tapetes, mosaicos, vestidos de festa, gravuras, banners, pinturas, vasos e objetos de porcelana. As peças vêm de 16 países árabes: Kuwait, Argélia, Egito, Palestina, Iraque, Sudão, Marrocos, Mauritânia, Omã, Arábia Saudita, Catar, Líbano, Tunísia, Jordânia, Líbia e Emirados Árabes Unidos.
 A cerimônia contou com a presença do Decano dos Embaixadores Árabes, Ibrahim Alzeben; a diretor do Departamento do Oriente Médio, Lúcia Scherer, a presidente da Câmara do Comércio Árabe Brasileira, Marcelo Nabih Sallum; o embaixador da Liga Árabe no Brasil, Naceus Alem; o curador de Cultura da Câmara Legislativa, Márcio Mendes; e do deputado Chico Leite.

“Nosso objetivo é promover a cultura árabe, a diversidade cultural milenar, nossas contribuições para o Patrimônio Mundial da Humanidade, descobrir e estreitar os laços entre o povo brasileiro e árabe”, explicou Ibrahim Alzeben, que calcula que hoje haja 13 milhões de árabes e descendentes que vivem no Brasil.
“Os árabes começaram a chegar ao Brasil, o país do futuro, em busca de uma vida melhor no final do século 17, mas a maior parte veio no século 19, como os libaneses, os sírios, os palestinos, os marroquinos e iraquianos”, disse o embaixador Ibrahim.
Assessoria de Comunicação da deputada Celina Leão

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo