quarta-feira, 13 de abril de 2016

Curta brasileiro disputa Palma de Ouro no Festival de Cannes 2016

Gravação do curta-metragem "A Moça que Dançou com o Diabo", do diretor João Paulo Miranda Maria
O Brasil está na disputa por uma Palma de Ouro em Cannes 2016 na categoria curta-metragem.
O curta "A Moça que Dançou com o Diabo", do diretor João Paulo Miranda Maria, é um dos selecionados para concorrer ao prêmio máximo na categoria.
É também a volta do cineasta paulista, natural Rio Claro (SP), ao festival. João Paulo foi um dos destaques da Semana da Crítica na edição de 2015, com o curta "Command Action", estrelado por um morador cidade, o jovem David Martins. O filme foi finalizado com o dinheiro arrecadado em uma rifa.
"A Moça que Dançou com o Diabo" não é o único representante da América Latina. O curta vai disputar as atenções com "Madre", do colombiano Simón Mesa Soto.
Os outros oito filmes são, em sua maioria, europeus, selecionados entre mais de 5 mil títulos.
A cineasta japonesa Naomi Kawase, do filme "Sabor da Vida", preside o Júri dos curtas.
A 69ª edição do Festival de Cannes acontece entre os dias 11 e 22 de maio.


imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo