quinta-feira, 19 de maio de 2016

Tecnologia oferece agilidade e precisão ao trabalho dos agentes

Cerca 450 agentes de trânsito estão interligados ao Sistema Integrado Móvel do Detran-DF
 Indispensável à rotina de trabalho do agente de trânsito, o que parece um simples aparelho celular tem funções muito além do que um infrator possa imaginar. É por intermédio desse equipamento que os agentes de trânsito rastreiam todo o histórico dos veículos que circulam pelas vias do Distrito Federal.
 Por meio dessa tecnologia, de qualquer ponto do DF o agente de trânsito consegue acessar todas as infrações cometidas pelo veículo, saber se existe restrição de roubo ou furto, a quantidade de débitos acumulados e sobre qualquer outra irregularidade, inclusive no que diz respeito à CNH dos condutores.
Não se engane quem acredita que o agente de trânsito carrega um simples aparelho de troca de mensagens. Esse equipamento carrega o Sistema Integrado Móvel para Gestão de Trânsito (Simgt), que é nada menos que o chamado Talonário Eletrônico, do qual cerca de 450 agentes de trânsito estão equipados.
Funções do celular
O talonário eletrônico é usado principalmente para consultar a placa de veículos, obter informações sobre a Carteira Nacional de Habilitação dos proprietários e para fazer autuações. O aplicativo, disponibilizado por meio de aparelho celular, capta as informações automaticamente, consolida os dados de maneira ágil e precisa, facilitando o trabalho dos agentes de trânsito.
Antes um agente gastava cerca de um minuto para lavrar um auto de infração, em formulário de papel, que levava cerca de 10 dias para ser processado. Com o talonário eletrônico o agente leva somente 15 segundos para fazer uma autuação, que é processada automaticamente em 24 horas.
 Conforme o diretor-geral do Detran-DF, Jayme Amorim, o sistema agregou valor ao trabalho da fiscalização, tornando o processo de autuação mais eficiente – pela pequena chance de erro – além da agilidade, precisão e efetividade. Atualmente, cerca de 80% das autuações realizadas por agentes de trânsito são eletrônicas. 
Assessoria de Comunicação
Departamento de Trânsito do Distrito Federal




imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo