domingo, 17 de julho de 2016

CLDF vai ouvir a voz das crianças

Protocolo de intenções garante realização da IV Plenarinha da Educação Infantil
Está marcada para os dias 22 e 23 de setembro, deste ano, a realização do Projeto IV Plenarinha da Educação Infantil, no auditório da Câmara Legislativa do DF (CLDF), que receberá duas mil crianças, com idades entre 4 e 7 anos, alunas das escolas da rede pública do DF. O evento será dividido em quatro sessões, com a presença de 500 crianças em cada uma, sendo duas matutinas e duas vespertinas. A sessão de abertura do evento contará com a presença da presidente da CLDF, deputada Celina Leão, e dos demais deputados distritais.
O evento será possível graças a assinatura de um protocolo de intenções entre a Secretaria de Educação e a CLDF, com o objetivo da integração institucional. Esta será a quarta edição do projeto que atende as 14 regionais de ensino do DF. 
As tratativas para a assinatura do protocolo começaram em março, quando a deputada Celina Leão o subsecretário de Educação Básica, Daniel Crepaldi, e a diretora de Educação Infantil, Michelle Furtado. “Eles trouxeram uma proposta muito interessante para a Câmara Legislativa: a realização de Plenarinha, no legislativo local. O objetivo é dar voz às crianças do DF e evidenciar o seu protagonismo na definição da “cidade que queremos”. O projeto foi abraçado pela CLDF que acredita na educação como um dos pilares da verdadeira democracia”, destacou Celina. O protocolo de intenções foi assinado neste mês de julho.

O objetivo do Plenarinha é oportunizar às crianças do Educação Infantil da rede pública e conveniada de Ensino do DF, por meio da escuta sensível e atenta, a promoção de seu exercício de cidadão ativo, participativo e conhecedor dos seus direitos e deveres, vivenciando a interlocução com o Currículo da Educação Infantil em suas diferentes expressões e linguagens. 

De acordo com Michelle Furtado a proposta desse projeto é um convite para que todas as escolas desenvolvam, a partir do seu cotidiano escolar, atividades que oportunizem a criança observar, se expressar e sugerir mudanças ao encontro dos seus direitos”, explicou a diretora de Educação Infantil. 

A IV Plenarinha tem os moldes de uma Plenária, uma vez que a Casa trabalha com projetos de Educação como uma de suas missões, que é a de primar pela garantia dos direitos das crianças e pela qualidade de atendimento à Primeira Infância, sob todos os aspectos. As crianças terão oportunidade de levantar questões referentes às regiões administrativas onde moram e levar as demandas aos parlamentares. “Talvez não seja possível a criança falar sozinha o que pensa, sem um mediador. Alguns pequenos têm essa desenvoltura, mas isso, em geral, precisa ser vivenciado, motivado e estimulado. Quando essa mediação é feita e o professor tem a sensibilidade de ouvir, o retorno é muito positivo”, avalia Michelle Furtado.

Ascom da deputada Celina Leão

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo