segunda-feira, 18 de julho de 2016

Dia dos Pais deve movimentar R$ 5,6 bi, estima Fecomércio RJ

Entre os filhos que pretendem dar presentes para os pais, quase metade declarou que compraria roupas (47%)O Dia dos Pais deve movimentar R$ 5,6 bilhões no comércio brasileiro este ano, segundo estimativa da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ), em levantamento feito em parceria com a empresa de pesquisa Ipsos. O setor de vestuário deve ser o maior beneficiado, assim como ocorreu no último Dia das Mães.
Entre os filhos que pretendem dar presentes para os pais, quase metade declarou que compraria roupas (47%). Os demais itens mais citados foram Perfumes e Cosméticos (12%) e Calçados e Acessórios (12%).
Apesar do cenário recessivo na economia brasileira, a pesquisa detectou um aumento de quatro pontos porcentuais na intenção de compras para a data comemorativa. O total que declarou ter intenção de presentear os pais aumentou de 32% em 2015 para 36% em 2016.
O movimento já tinha sido detectado no Dia das Mães, quando 49% dos brasileiros declaram a intenção de presentear, resultado três pontos porcentuais superior ao registrado em 2015.
"Estamos com a sensação de que o pior já passou. Os indicadores de confiança estão nessa linha", afirmou Christian Travassos, gerente de economia da Fecomércio RJ. "O consumidor agora está mais seletivo, espaçando mais as compras, focado em produtos mais em conta", justificou.
O valor desembolsado para o presente, entretanto, será ligeiramente mais magro. O tíquete médio para o pagamento dos presentes deve ficar em R$ 100,97, recuo de 1% ante o mesmo período de 2015, quando o consumidor desembolsou R$ 101,72.




imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo