domingo, 3 de julho de 2016

Os gigantes do rádio,estão de volta na Rádio Planalto

Eles estão de volta-confira a programação a partir (4-7)cinco da manhã
Uma parceria entre a empresa Brasília Show, de Ricardo Noronha, e o grupo Diários Associados reúne grandes nomes da história do rádio em uma programação diversificada em transmissão AM. A Rádio Planalto, que ocupou por mais de 45 anos a tradicional frequência — mais recentemente assumida pela Super Rádio Clube AM, desde julho de 2008 —, volta à ativa. Com programação musical eclética e jornalismo comunitário, o veículo tornou-se uma referência para os brasilienses ao longo de várias décadas, desde a fundação, em 9 de setembro de 1963, quase com o início da cidade. Em 1983, chegou a alcançar o índice de 54,21% da preferência dos ouvintes na faixa AM, no horário nobre, das 5h às 19h. E também o primeiro lugar na faixa FM, classes A e B.

O diretor das rádios Clube FM e Rádio Planalto, Robson José Dias, espera, com a reunião de nomes conhecidos pelo público, aumentar o número de ouvintes. Em 2012, a programação que fazia parte da Rádio Planalto — agora com o nome de Clube AM — saiu completamente do ar, mas continuou retransmitindo o conteúdo da Clube FM. “Essa parceria com Ricardo Noronha trará de volta Os gigantes do rádio, 10 comunicadores que fizeram história entre os ouvintes”, diz Robson.

Os shows que a emissora promovia para comemorar os aniversários também eram marcantes. Realizados em palanques armados no Setor de Rádio e Televisão Sul, os eventos traziam nomes como Amado Batista, Genival Lacerda, Reginaldo Rossi, Jerry Adriani, Os Filhos de Coromandel, Chico Rey e Paraná, entre outros. A festa era ao ar livre, com entrada franca, do meio-dia até as 17h, no estacionamento da Rádio Planalto. A fórmula de sucesso da emissora era simples: música de todo tipo, jornalismo comunitário, interação com os ouvintes e agilidade nas coberturas. Com um acervo de mais de 15 mil discos, a Rádio Planalto oferecia um cardápio musical variado, desde a música sertaneja até a música pop jovem.

De acordo com Ricardo Noronha, a Rádio Planalto sempre foi muito querida para os radialistas antigos. “Foi ela que revelou muitos de nós. Muitos devem sua história à pioneira, inaugurada no aniversário de Brasília. A rádio tinha grande apoio da população.” Noronha lembra que o jornalista especializado em cobertura policial Mário Eugênio, o Gogó das Sete, ganhou notoriedade por meio dos microfones da Rádio Planalto. “Ele era a maior audiência da rádio”, lembra o radialista, que conseguiu reunir o time de grandes comunicadores, famosos na década de 1980, para 24 horas de programação diversificada.
No time de craques, a participação especial de Valter Lima,
um dos profissionais que mais entende de rádio AM, no Brasil
Ao longo do tempo em que esteve no ar, a Rádio Planalto manteve vários programas de jornalismo bem-sucedidos. Um deles era o Em cima da hora, comandado pelo radialista Chico Legal, uma das estrelas da difusora. De meia em meia hora, de segunda a sábado, Chico Legal transmitia as notícias mais importantes do dia. Outra atração foi o programa Os Águias da Notícia, criado em 1972. Uma equipe de jornalistas saía em uma Variant e fazia a cobertura do que de mais importante acontecia na cidade. A primeira missão era percorrer os principais pontos de escoamento do tráfego. A Variant, com uma águia pintada no capô, seguia para uma ronda nas delegacias. Na sequência, girava pela cidade e entrava no ar ao vivo.
Parabéns por resgatar parte da história do rádio e do Distrito Federal.
gigantesdoradio@gmail.com

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo