sábado, 2 de julho de 2016

Paes comenta crítica ao Governo: "Paciência tem limite"

Prefeito pediu que estado parasse de "chororô"O prefeito do Rio, Eduardo Paes, que nesta sexta (1) criticou o "chororô" do governo do Rio sobre a crise e falta de liderança no Estado, que estaria prejudicando a cidade no período pré-jogos olímpicos, se explicou pela sua página no Facebook sobre as declarações. 
Paes ressaltou que a cidade entregará os Jogos no prazo e chegou a dizer que "paciência tem limite". Leia a nota na íntegra:
"Amigos, vocês devem ter estranhado as minhas críticas ao Governo do Estado hoje. Mas é que paciência tem limite. Se estamos numa situação financeira confortável, se entregamos as obras dos Jogos Olímpicos no custo e no prazo, se estamos investindo como nunca em educação, saúde e transporte para mudar a cara do Rio para sempre, tudo isso foi feito com muito trabalho e um planejamento eficiente. O governo estadual tem que fazer a sua parte também. Não dá para aceitar ouvir do secretário estadual de Saúde que podem fechar as emergências do estado, um dia depois de terem recebido recursos do governo federal. A prefeitura já ajudou demais. Municipalizamos os Hospitais Rocha Faria e o Albert Schweitzer, que encontramos numa situação lamentável. Aos poucos a população da zona oeste já começa a perceber as melhorias nessas unidades. Também ajudamos a financiar a segurança pública, no projeto Centro Presente que será lançado na segunda-feira. Chegou a hora do governo estadual fazer gestão eficiente e a cumprir suas obrigações. Sigo à disposição para trabalhar em parceria, sempre, mas com mais ação e menos desculpas. Vamos em frente!".


imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo