terça-feira, 5 de julho de 2016

Peritos atestam contabilidade destrutiva do governo Dilma, diz Caiado

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), afirmou nesta terça-feira (5/7) que os depoimentos dos peritos responsáveis pelo laudo requisitado pela defesa deixaram claro o crime cometido pela presidente afastada. O coordenador da Junta Pericial, João Henrique Pederiva, confirmou que o governo Dilma agir de forma ilegal ao editar decretos de créditos suplementares como se o PLN 5 já tivesse sido aprovado. As oitivas dos peritos ocorrem hoje na Comissão do Impeachment. 

“Os peritos deixam evidente que a contabilidade destrutiva do governo Dilma foi muito bem definida pelo laudo apresentado com objetivo único de amparar um projeto de poder. Ficou muito claro que o governo usou o PLN 5 para editar decretos ilegais, como se o projeto já tivesse sido aprovado, como se o Congresso fosse um órgão acessório”, disse o parlamentar.  

O perito também disse que a gestão petista fez operação de crédito ao atrasar pagamento de débito com o Banco do Brasil no caso da subvenção da safra Agrícola. “E o coordenador da Junta Pericial, João Henrique Pederiva, foi muito didático ao explicar quando e porque foi identificada a operação de crédito, o empréstimo do Tesouro junto ao Banco do Brasil. E ele afirmou: mesmo com a cobrança da dívida pelo BB e os prazos legais, o governo não registrou o débito e não pagou para usar o dinheiro para outras finalidades. Dilma usou dinheiro de um banco controlado por ela para fins nada republicanos”, atestou Caiado.

Matéria e foto: Assessoria Liderança Democratas Senado

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo