segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Pessedistas lançam livro sobre o impeachment

A liderança do PSD na Câmara dos Deputados celebrou, nesta terça-feira, (30) o lançamento do livro “O Impeachment de Norte a Sul”, de autoria dos deputados

Deputado Evandro Roman (PR)
Joaquim Passarinho (PA), vice-líder do partido, e Evandro Roman (PR). Na obra, os parlamentares relatam a vivência do processo de impeachment deflagrado no fim do ano passado e que terá um desfecho neste 31 de agosto.
Conforme Joaquim Passarinho, a ideia do livro começou a tomar forma no fim de 2015, a partir de posicionamentos semelhantes compartilhados por ambos os pessedistas, que se tornaram amigos no exercício do primeiro mandato nessa legislatura.
“Lá na frente, quando forem reescrever a história, poderemos dizer que temos um registro fiel do que aconteceu nesse processo de impeachment. Temos relatos, temos diálogos e registros fotográficos, desde o momento em que chegamos aqui e todo o nosso envolvimento com o governo anterior, nosso afastamento e, principalmente, as razões que nos levaram a votar com o impeachment, as razões que nos levaram a defender essa bandeira”, disse o paraense.
Para Evandro Roman, o livro não é “para o leitor mas para o eleitor, pois mostra o porquê de muitos deputados que estão aqui dentro terem construído o seu voto.  Nós procuramos deixar isso claro, pra que  seja possível compreender um pouco do que realmente foi esse momento do impeachment aqui dentro da Câmara dos Deputados”.
Deputado Evandro Roman (PR) 
Outro vice-líder do partido, o deputado Marcos Montes (MG) ressaltou que a importância do livro crescerá com o passar dos anos. “O país será outro com a conclusão deste processo e este registro se torna importante desde já”, afirmou.
O líder Rogério Rosso (DF) destacou os laços formados no PSD e a participação ativa da legenda no processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. Rosso presidiu a comissão especial da Câmara que deu início à análise do impeachment. “Estes dois parlamentares tiveram a ideia brilhante de fazer não um registro jurídico, mas um registro das suas impressões, de cada momento que marcou esse processo. Parabenizo os dois por essa iniciativa, que honra o nosso partido e faz do PSD  mais unido e referência política e técnica aqui da Câmara dos Deputados.”
A obra é uma produção independente dos dois deputados, com tiragem inicial de 2.500 cópias.
Fonte:Liderança-PSD



imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo