sábado, 31 de dezembro de 2016

Terracap fecha 2016 com alta nas vendas e redução no investimento publicitário

Em relação ao ano anterior, o crescimento chegou a 74%, um faturamento de mais de R$ 356 milhões.

Em contrapartida, o investimento em publicidade caiu pela metade.
 A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) encerra o ano com saldo positivo. O resultado é fruto de uma gestão que vendeu mais, investindo praticamente a metade do valor publicitário utilizado no mesmo período do ano anterior.
 Ao todo, foram comercializados 507 imóveis, com arrecadação de pouco mais de R$ 356 milhões (R$ 356.129.059,91), uma alta de 74% em relação ao ano de 2015, quando a empresa encerrou seu exercício com cerca de R$ 204 milhões em caixa, graças à venda de 395 imóveis.
 Para o diretor comercial da Terracap, Ricardo Santiago, esse crescimento representa não só um sinal de recuperação da economia, mas, sobretudo, uma maior inteligência na gestão e montagem dos editais de licitação da empresa. Segundo Santigo, a estatal passou a definir seu produto em razão do interesse dos investidores e das pessoas que, em 2016, sonharam em abrir o seu negócio ou adquirir a casa própria.
 Paralelamente a essa medida, a Comunicação Social da empresa firmou seus esforços em ações que pudessem reduzir os investimentos em publicidade, porém, mantendo a efetividade no alcance de potenciais clientes. Nesse sentido, houve uma redução de 47,2% nos gastos com campanhas publicitárias, quando comparado ao ano passado, em que a empresa investiu R$ 9.274.709,34.
 Para 2017, além de manter os editais de licitação mais atrativos para a população, a Terracap também vai trabalhar para diminuir a inadimplência. A empresa hoje possui programas que permitem aos clientes da companhia renegociar as suas dívidas, a exemplo do Terraflex, que concede prazos e vantagens para o refinanciamento dos débitos.
 Ascom/Terracap

61-3342-2328/1137

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo