terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Em 2017, Detran quer embriagados fora das vias


Com o propósito de coibir a ação dos infratores nas vias do Distrito Federal e garantir maior segurança a pedestres, ciclistas, motociclistas, outros condutores e passageiros, em 2016, as equipes de fiscalização de trânsito do Detran-DF realizaram 1.350 operações.
Durante as atividades, a fiscalização do Órgão flagrou 14.815 condutores que ingeriram álcool e se arriscaram a dirigir. Destes, 1.876 se apresentaram totalmente embriagados e foram encaminhados à Delegacia de Polícia. Já em 2015, o número de embriagados levados à DP foi um pouco maior, 2.049, para 14.089 autuados.
Para 2017, o Detran pretende intensificar as operações coordenadas com outros órgãos do setor de segurança pública do DF, visando ampliar a área e os pontos de atuação das equipes de fiscalização. “Nosso objetivo é tirar os infratores das vias, oferecer maior segurança ao cidadão e reduzir os índices de acidentes”, garantiu o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca.
Valor da multa


Desde 1º de novembro, quando foram alterados os valores das multas, o condutor que for pego dirigindo sob o efeito de álcool cometerá uma infração de natureza gravíssima, receberá uma multa equivalente a R$ 2.934,70, ganhará sete pontos na carteira e ainda terá a CNH recolhida e o veículo retido.
Operação Lei Seca na L2
Na madrugada desta terça-feira (10), o Detran, em parceria com a Polícia Militar, realizou duas horas de operação na L2, altura da Quadra 406 Norte, autuou dez condutores por alcoolemia, outros 15 por motivos diversos e efetuou sete remoções de veículos. Somente em 2016, o Detran removeu aos depósitos da Autarquia 22.707 veículos irregulares e, pelo menos, 4.572 foram vendidos em seis leilões realizados durante o ano. 
Assessoria de Comunicação
Departamento de Trânsito do Distrito Federal
3343-5224/5225; 9964-0905
facebook.com/detrandf
http://www.detran.df.gov.br/


imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo