quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Exclusivo: Exorcista, padre Ribamar afirma que potestades demoníacas controlam governos e nações

Por Fred Lima
No Distrito Federal, três padres se destacam perante os demais quando o

assunto é exorcismo. Moacir Anastácio, Vanilson Silva e José Ribamar estão na boca dos fiéis. O que os diferencia é que o último, conhecido como padre Ribamar, não faz parte da fileira do catolicismo romano, mas sim da ortodoxa. Pároco da Paróquia São Jorge e Santo Expedito de Taguatinga Norte, José Ribamar afirma ver com frequência almas, anjos e demônios. Para o líder ortodoxo, existe uma batalha espiritual muito grande nos dias atuais, capaz de influenciar nações e governos. Sobre a corrupção no país, padre Ribamar garante que o presente cenário vai piorar bastante. De acordo com o religioso, a luz no fim do túnel deve demorar a ser vista. Em entrevista concedida ao Blog do Fred Lima, o religioso fala sobre as diferenças entre o catolicismo romano e ortodoxo, os trabalhos sociais de sua igreja, possessões demoníacas e a política brasileira e do DF.

Quais são as diferenças entre os dogmas da Igreja Católica Apostólica Romana e da Igreja Ortodoxa?

Os sete sacramentos são os mesmos. A diferenciação maior está na opção pelo celibato. Temos padres celibatários e casados. Outra diferença diz respeito à infalibilidade papal. Não acreditamos que o papa seja infalível, até porque nosso líder é o patriarca Mor Ignatius Zakai I.


Algumas pessoas confundem a Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia com a Igreja Católica Brasileira. Por que há tanta confusão?

O antigo nome da Igreja Sirian Ortodoxa confundia bastante. Era Igreja Católica Ortodoxa Siriana do Brasil. O patriarca e o bispo mudaram a denominação. Não critico os irmãos da igreja brasileira. Acredito que cada um tem uma missão. A confusão também acontece porque já fui diácono da Igreja Católica Apostólica Romana. Vim para a igreja ortodoxa e fui ordenado sacerdote. Houve um grande impacto por meio do meu ministério. É natural que haja manifestações contrárias e favoráveis.

Programação da Campanha de São Jorge e Santo Expedito. Divulgação
A famosa Festa dos Padroeiros está próxima. Muitos músicos famosos já cantaram no evento. Tirando a descontração, qual a mensagem que a festa tenta transmitir aos visitantes?

A festa tem o objetivo de congregar a família. Não estou mais convidando cantores para que a festividade não perca o sentido religioso. A intenção é trazer o povo para a igreja. Temos que pregar a moral, mas precisamos saber chegar ao povo. A divulgação dos padroeiros São Jorge e Santo Expedito é para trazer o povo e a cultura popular à igreja. Hoje, em Brasília, todos conhecem os dois santos de Deus por causa desta paróquia.

O senhor é conhecido por ser um exorcista e vidente. Já fez muitos trabalhos de exorcismo?

Os demônios estão soltos pelo mundo. Na Candangolândia, por exemplo, exorcizei uma possessa que subia nas paredes e pulava em cima do armário. Certa vez, aqui na paróquia, os padres estavam tentando exorcizar uma mulher possessa. Quando passei, ela gritou: “Eu quero é ele”, apontando o dedo para mim. Primeiro, fui jantar. Enquanto isso, ela batia a testa no chão. Então me aproximei dela e impus as mãos sobre sua cabeça. Ela levantou e deu-me um abraço. O demônio tinha saído. Não são as palavras que operam o milagre, mas Aquele que está dentro de mim.

Escândalos de corrupção assolam o país. Como vidente, o senhor consegue enxergar uma luz no fim do túnel ou ainda vamos ter muitas surpresas desagradáveis pela frente?

Ainda vamos ter muitas surpresas. Por enquanto, o Brasil não passou pela purificação que tem que passar. Vejo uma escuridão muito grande para o povo brasileiro. A religião está sendo atacada. O maligno está atacando a população. O demônio age hoje não somente mudando a voz ou o aspecto físico de uma pessoa, mas em homens que comandam o Brasil e o mundo. São potestades, ou seja, espíritos malignos espalhados pelos ares, como diz São Paulo. Esses espíritos estão tomando posse de muitas pessoas que comandam a política. 
Nossos netos vão sentir os efeitos de todo esse ataque satânico da atualidade.

Contudo, há uma luz no fim do túnel que vai chegar daqui a um tempo.
E a política do DF?

Ela vai sofrer uma grande transformação. Tem um luzeiro muito forte surgindo, que vai impactar Brasília. O DF tem esperança de mudança.

Da Redação
Blog do Fred Lima

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo