segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

"Só suportei 7 'Fazendas' para pagar as contas", desabafa Britto Jr.

No auge do desabafo, o apresentador fala sobre o que o fez continuar à frente

do reality,Britto Jr. resolveu abrir seu coração a respeito do seu tempo na Record. Depois de ter dito que 'foi censurado, xingado e boicotado' na antiga emissora onde ficou por sete anos, ele foi além no desabafo.
Motivado pela desenvoltura e liberdade de Tiago Leifert à frente do Big Brother Brasil, o apresentador usou seu Twitter para desabafar. Críticas feitas, Britto foi procurado pelo UOL para comentar o assunto e não poupou o diretor da 'Fazenda', Rodrigo Carelli, .
"Este diretor nunca me perguntou se eu concordava com as decisões dele, em reuniões fechadas de sua equipe para as quais nunca fui chamado", revela Britto.
"Várias vezes eu comuniquei aos diretores da emissora na Barra Funda da minha insatisfação sobre tudo isso, mas eles, como sempre perdidos, sequer se davam ao trabalho de ir até lá para ver de perto, interferir ou me dar algum tipo de apoio. Tentaram com o Faro, foi a mesma coisa. Com o Justus, então…", diz, citando os outros apresentadores da atração.
No auge do desabafo, o apresentador fala sobre o que o fez continuar à frente do reality. "Só suportei sete Fazendas, inclusive acumulando a apresentação do 'Programa da Tarde' em duas temporadas para poder pagar as contas. Só volto a TV quando me oferecerem algo que me deixe entusiasmado, feliz. Bullying como este, nunca mais", finalizou.


imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo