segunda-feira, 27 de março de 2017

Homem despenca de parapente em MG, tira selfie e sobrevive

Húngaro ficou desacordado por 14 horas após o acidente,no dia 23 de fevereiro,

um húngaro se lançou em um voo de parapente do alto do pico Ibituruna, em Minas Gerais, e desmaiou após bater contra um paredão a 50 km por hora. Ter ficado desacordado por 14 horas, não foi impediu que Thomas Antallfy registrasse o momento com uma selfie.
"Eu levantei e tirei uma selfie. Eu poderia ter ligado para alguém, mas minha cabeça não estava funcionando direito", declarou.
De acordo com o UOL, Thomas já pratica o esporte há 20 anos. Trinta e três dias após o acidente, o húngaro permanece no Brasil. Até hoje, não sabe o que ocasionou o acidente.

"Os médicos descobriram que ele tinha um crânio fraturado, uma enorme hemorragia na cabeça e uma contusão cerebral, mas deixaram ele voltar para o hotel. Sem supervisão médica! Ninguém entende o porquê", conta sua mulher, Anita Dangel.
Thomas ficou quatro dias em seu albergue, quando passou a ser atendido em um hospital particular. A neurologista Júlia Kallás, do Hospital Materdei, em Belo Horizonte, resume a situação como um "milagre". "Ele sofreu um trauma de alto impacto e mesmo assim chegou aqui consciente, conversando e andando", contou a especialista.

Ainda de acordo com a reportagem, o estrangeiro ficou internado por uma semana, operou o ombro direito e foi atendido por sete especialidades médicas: neurologia, ortopedia, otorrinolaringologista, cirurgia torácica, clínica médica e anestesiologia.
Atualmente, Thomas passa bem e, nesta terça-feira (28), ele vai voltar ao hospital para fazer um check-up. "Seus membros estão se movendo e funcionando bem, e o mais importante é que ele continua sendo o mesmo Thomas que costumava ser", revela Anita. 

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo