segunda-feira, 1 de maio de 2017

Senado aprova projeto do abuso de autoridade sem comprometer Lava Jato

O senador Ronaldo Caiado (GO) destacou o avanço no projeto aprovado pelo

Senado nesta quarta-feira (25/4) que trata do abuso de autoridade (PLS 280/2015) ao atender reivindicação de procuradores e juízes. O texto apreciado hoje na Comissão do Constituição e Justiça e no plenário retirou o crime de interpretação que poderia coibir a atuação dos profissionais que atuam na operação Lava Jato. Antes da votação em plenário, o líder do Democratas confirmou com o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, José Robalinho Cavalcanti, que o texto aprovado está de acordo com que foi pleiteado pelos procuradores.

 “Conversei agora por telefone com o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, José Robalinho Cavalcanti, e ele me confirmou que este texto do Projeto de Abuso de Autoridade que aprovamos na CCJ está de acordo com o pleiteado pelos procuradores. Desde o início, lutei fortemente, obstrui o projeto do abuso de autoridade para que não fosse votado a toque de caixa. Fui incansável. Quem me acompanhou sabe. Agora, depois que nos reunimos com procuradores, com a justiça, construímos um texto para evitar qualquer interferência na Lava Jato. Evitamos o pior. Uma vitória da sociedade brasileira”, disse em discurso no plenário logo antes a votação do projeto.

 O senador lembrou que obstruiu várias vezes o projeto até que houvesse a construção de um texto que coibisse o abuso de autoridade sem impedir o trabalho de juízes e procuradores. O texto agora segue para apreciação na Câmara dos Deputados. 
Matéria: Assessoria Liderança Democratas Senado
Foto: Sidney Lins Jr

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo