sexta-feira, 5 de maio de 2017

"Vivi um filme de terror", diz ex de Christiano Rangel sobre agressão

A declaração de Aída Nunes foi feita após o empresário ser preso por descumprir

Amazona declarou vivi um filme de terror
medida protetiva, a ex-namorada do empresário Christiano Rangel, Aída Nunes, fez revelações à imprensa após o ex-companheiro voltar a ser preso, na última quarta-feira (3), por descumprir a medida protetiva expedida pela Vara de Violência Doméstica que determinava que ele não se aproximasse dela.
A amazona declarou que viveu um "filme de terror" quando foi agredida e que, mesmo após três anos do ocorrido, ainda não se sente tranquila. "Eu sofro os impactos disso. É, para mim, um filme de terror o que eu vivi. Não desejo isso nem para o meu pior inimigo", destacou. 

Christiano foi condenado a quatro anos de prisão por ter agredido Aída, em 2013. No entanto, cerca de dois anos após a sentença, em 2016, a Justiça reduziu a pena dele para dois anos e oito meses, em regime aberto.
Na última quarta-feira (3), no entanto, o empresário foi preso quando estava em um shopping de Salvador. A prisão foi pedida pela juiza Márcia Lisboa, da 1ª Vara de Violência Doméstica, após o rapaz ter ido a uma academia onde Aída costuma fazer exercícios, no bairro de Ondina, no início de abril.








imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo