quinta-feira, 22 de junho de 2017

Solenidade marca a inauguração do Sistema de Esgotamento Sanitário de Águas Lindas

Na manhã desta quinta-feira (22), foi realizada a solenidade de inauguração do Sistema de
Esgotamento Sanitário de Águas Lindas de Goiás, na sede da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do município. O evento contou com a presença do prefeito Hildo do Candango, dos governadores Marconi Perillo (GO) e Rodrigo Rollemberg (DF), do presidente da Saneago, Jales Fontoura, do presidente da Caesb, Maurício Luduvice, do deputado federal Thiago Peixoto e dos deputados distritais Juarezão e Luzia de Paula.
O Sistema de Esgotamento Sanitário de Águas Lindas teve suas obras iniciadas em 2013 e tem capacidade para atender cerca de 135 mil habitantes na primeira etapa de execução, tratando o esgoto com remoções superiores a 90% da matéria orgânica, com uma vazão de 305 l/s, chegando ao final a 600 l/s.

Com a implantação completa do sistema, 270 mil habitantes serão beneficiados pelo serviço. Os bairros atendidos nesta etapa inicial serão: Jardim Guaíra, Sol Nascente, Jardim das Oliveiras, Portal da Barragem, Chácaras Coimbra, Cidade Jardim, Mansões Centro Oeste, Jardim Pérola, Mansões Village, Mansões Olinda, Mansões Itamaracá, Mansões Pôr do Sol, Jardim da Barragem III e IV, Cidade do Entorno e Centro.
A área selecionada para a implantação da ETE de Águas Lindas foi repassada pela Prefeitura Municipal, que realizou o processo de desapropriação. Localizada a cerca de 3 km da área urbana, às margens da pista pavimentada que liga Águas Lindas a Brazlândia, a Estação conta com uma área total de 25 hectares. A ETE Águas Lindas também será de grande importância para garantir a qualidade da água da bacia hidrográfica do Rio Verde e a preservação da área de proteção ambiental da bacia do rio Descoberto.


A Estação será operada por equipes de profissionais especializados da Caesb e Saneago, conjuntamente. O investimento de todo o sistema foi de R$ 36 milhões, recursos obtidos pelo GDF junto ao Governo Federal, pela Caixa Econômica (FGTS/PAC). A Prefeitura está investindo em todo o sistema de tratamento de esgoto cerca de R$ 140 milhões, com obras de saneamento integrado que beneficia a população.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo