quinta-feira, 6 de julho de 2017

25 dicas para controlar a ansiedade

A ansiedade é um problema grave de saúde mental e que precisa ser tratado. A Organização Mundial de Saúde alerta para o crescimento do número de pessoas

ansiosas em todo o mundo. Atualmente, 33% das pessoas sofrem com a doença.
Quem convive com a condição sabe o quão difícil é carregar esse peso diariamente. Sentimentos de medo, angústia, mal-estar, insegurança e a constante sensação de que algo vai acontecer podem levar à depressão e até casos mais graves.
Por isso, é importante aprender a conviver e eliminar tudo o que possa gerar ansiedade.


1-Use a linguagem do toque - Exercite o toque, beije na boca, encoste os pés na hora de dormir se tiver companhia. Isso dá segurança e relaxa o corpo e a mente. Confira como hábitos simples podem ajudar no dia a dia 


2-Tenha tempo para você - Reserve espaço na correria diária para fazer o que você realmente gosta e se dedique mais a essas atividades. Pense nos seus projetos pessoais e se programe para realizá-los no seu tempo.

3-Sorria mais - Esse hábito reduz o estresse e a ansiedade. Além disso, contagia quem convive com você. Sorria sempre que possível e fale preferencialmente de coisas boas. Mas não deixe de chorar quando sentir vontade.

4-Peça ajuda - Não se sobrecarregue. Está cheia de coisas para fazer? Ganhou bebê há pouco tempo? Peça ajuda. A chegada de um filho faz com que a mulher tenha menos tempo para si mesma e para o parceiro

5-Dê carinho aos filhos - Seu estado emocional influencia o dos seus filhos. Mantenha a ansiedade longe das crianças, criando um ambiente familiar baseado no afeto. Bebês que recebem massagens e carinhos nos primeiros meses choram menos

6-Não durma ansiosa - Não leve a ansiedade para a cama. Sentiu que está ansiosa para dormir? Faça algo relaxante antes de se deitar.


7-Lave a alma - Tome um banho demorado e sinta a água cair sobre o corpo. A água corrente ajuda a relaxar os músculos e o sistema nervoso, eliminando dores musculares provocadas pelo excesso de ansiedade.

8-Organize-se - Uma agenda semanal de tarefas pode ajudar. Anote o tempo necessário para cumprir cada item e mantenha um tempo para resolver imprevistos. Isso impede que a agenda saia do eixo em uma emergência.

9-Relaxe a musculatura - Quando estamos tensos, contraímos tudo e depois ficamos com dores pelo corpo. Solte em especial a musculatura dos ombros e a do pescoço com movimentos giratórios bem lentos. A recomendação é praticar atividades 3 vezes na semana.

10-Não fique estressada no trânsito - Não encare o tempo no trânsito como desperdício. Aproveite para colocar os pensamentos em dia, refletir sobre problemas, fazer aquelas anotações ou até relaxar ouvindo uma música.

11-Cuide-se - Arranje um tempinho para cuidar da beleza. A insegurança com a aparência é uma das principais fontes de ansiedade nos relacionamentos.

12-Tome chás - Chás quentes relaxantes, como camomila e erva-cidreira, podem ajudar. Por estar quente, ele nos obriga a beber em pequenos goles e desaceleramos à força.

13-Faça uma planilha de gastos - Pode ser um problema para um ansioso lidar com contas. Então, comece anotando seus gastos fixos, reservando 10% dos seus ganhos para emergências, e descubra quanto sobra para comprinhas

14-Não faça compras ansiosa - Quase metade dos consumidores vai às compras por estar triste ou ansiosa. Não se deixe levar! Pense que depois a sensação de culpa por gastar pode ser ainda pior.

15-Foque no que está fazendo - Uma coisa da cada vez. Foque no que está fazendo hoje sem se preocupar com o amanhã. Você só tem dois braços e um cérebro, isso não é por acaso

16-Converse com as amigas - Nada como um almoço para colocar a conversa em dia com os amigos. Pessoas solitárias são mais propensas à hipertensão do que aquelas que convivem com gente querida.


17-Pague as contas mais importantes - Se está endividado, tente eliminar aos poucos. Faça uma lista das contas que devem ser pagas primeiro, levando em conta os juros de cada débito e decida quais ficarão para depois.


18-Use óleos relaxantes - Cinco gotinhas de óleo de lavanda fazem milagres! Coloque numa bacia com água morna e aproxime a cabeça coberta com toalha por cinco minutos. Óleos essenciais de tangerina e camomila também ajudam a relaxar.

19-Alguns alimentos ajudam - Alguns alimentos reduzem a ansiedade, como lentilha, arroz integral, sementes de girassol, abacate, banana e vegetais escuros. Ah, o chocolate favorece a serotonina, o hormônio do bem-estar.

20-Use pimenta - Pode usar e abusar do tempero em suas receitas. A pimenta contém uma substância que estimula a produção de endorfina que proporciona sensação de euforia

21-Não desconte na comida - Ansiosos tendem a comer mais e sem necessidade! Está insatisfeito? Resolva o problema em vez de buscar alívio num doce ou em outro vício.

22-Experimente controlar a respiração - Para reduzir as reações do sistema nervoso autônomo, devemos fazer o controle da respiração. O relaxamento, combinado com a respiração diafragmática, é capaz de reduzir a respiração ofegante, a taquicardia e o tremor.
23-Evite pensamentos negativos - Em situações de ansiedade prolongadas, recomenda-se que a pessoa evite os pensamentos negativos ou catastróficos. Deve-se tentar dimensionar a gravidade da situação, questionando a si mesmo se existe uma forma alternativa ou não, sem ficar pensando muito.
24-Desenvolva congruência - Buscar equilíbrio entre o que se quer e o que faz pode contribuir para a harmonia do seu dia.
25-Reduza seu estresse diário - Pessoas ansiosas precisam reduzir o seu estresse diário. Para isso, a dica é tentar sessões de acupuntura regulares, meditação, tratamentos alternativos como a homeopatia e o yoga.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo