segunda-feira, 24 de julho de 2017

Usuários podem optar por desconto de 40% em multas do Detran-DF

Além da adesão ao SNE, o interessado deverá abrir mão da defesa e do recurso contra a infração

O condutor ou proprietário de veículo que já aderiu ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) terá, a partir de agora, o desconto de 40% nas multas oriundas do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). O cadastro no Sistema é realizado por meio do aplicativo SNE, disponibilizado no Google Play e na APP Store, ou por meio do site do Detran (www.detran.df.gov.br).

Ao optar pela notificação eletrônica e não apresentar defesa prévia nem recurso contra a infração cometida, o interessado poderá pagar a multa com 40% de desconto até a data de vencimento. O desconto é disponibilizado multa a multa, ou seja, além da adesão à notificação eletrônica, o interessado deverá abrir mão da defesa e do recurso para cada infração existente.

Para usufruir dos benefícios do sistema, o usuário deverá baixar o aplicativo SNE no aparelho celular ou realizar o cadastro por meio do site. O proprietário do veículo será comunicado eletronicamente sobre as notificações de autuação e penalidade dos órgãos autuadores cadastrados no sistema.

O usuário poderá inserir ou excluir os veículos do sistema a qualquer momento. Ao realizar o cancelamento da adesão, ele voltará a ser comunicado via postal.

Detran-DF adquire 88 novos etilômetros

Operações para coibir condutores alcoolizados serão intensificadas no DF
O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) adquiriu 88 etilômetros.  Os equipamentos reforçarão as ações de fiscalização de trânsito voltadas a coibir os condutores que insistem em dirigir após a ingestão de bebida alcoólica. 

O etilômetro é utilizado para a aferição da concentração de álcool no organismo do condutor. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o resultado igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar é considerado crime, cuja pena é detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da CNH.

Com a aquisição dos novos equipamentos, o órgão passa a ter 136 etilômetros que serão utilizados nas operações da Lei Seca. De acordo com o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca, o objetivo é ter equipamentos mais modernos e ampliar as ações de fiscalização. De janeiro a junho deste ano, foram autuados 13.102 condutores alcoolizados, média de 72 por dia. Desse total, 874 foram presos por apresentarem índice alcoólico considerado crime.

Mais de 100 condutores alcoolizados no fim de semana
Em operações realizadas de sexta-feira (21/07) a domingo (23/07), o Detran e a Polícia Militar autuaram 102 condutores por dirigirem após a ingestão de bebida alcoólica, sendo que dois foram presos por apresentarem quantidade de álcool considerada crime. Durante as operações, foram flagrados ainda 19 motoristas com a CNH vencida há mais de 30 dias, nove inabilitados e dois com a CNH suspensa. Os agentes removeram 145 veículos ao depósito.

Penalidade
De acordo com o CTB, dirigir sob a influência de álcool é infração gravíssima, com multa no valor de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano. Caso ocorra a reincidência da infração no período de até 12 meses, a multa é em dobro, ou seja, R$ 5.869,40. A recusa em realizar o teste do etilômetro também é considerada infração com as mesmas penalidades.

fonte:
Departamento de Trânsito do Distrito Federal

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo