quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Deborah Secco revela ter sido assediada por chefes 'inúmeras vezes'

"Também teve uma vez em que eu fui contratada para aparecer numa festa e o

contratante achou que estava me pagando pra ficar com ele"
Deborah Secco, de 37 anos, revelou ter sido assediada "inúmeras vezes" por chefes. "Tem aqueles que te chamam pra jantar, tentam ficar sozinhos com você. Qualquer um que tenha um cargo um pouco importante. E a gente não pode chamar a polícia, é nosso chefe."

Em conversa reveladora com a colunista Mônica Bergamo, a atriz mencionou ainda perrengues vividos quando o "chefe" é o contratante. "Também teve uma vez em que eu fui contratada para aparecer numa festa e o contratante achou que estava me pagando pra ficar com ele. Nada muito diferente do que toda mulher de toda profissão passa", opinou.

Questionada sobre o que achava sobre a recente acusação de assédio contra o colega José Mayer, Deborah foi mais contida e preferiu não comentar. A atriz, que celebrará 30 anos de carreira com o monólogo "Uma Noite Dessas", do dramaturgo Hamilton Vaz Pereira, afirmou que posaria nua novamente se recebesse o mesmo que a "Playboy", lhe pagou: R$ 2 milhões, em 1999, e R$ 1,7 milhão, em 2002.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo