quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Rodrigo Rollemberg,na abertura do VIII Fomenta Nacional

Em primeiro lugar, presidente Afif, eu quero aqui agradecer muito a deferência de Vossa Excelência de fazer o Fomenta aqui em Brasília. Isso é uma vocação da nossa cidade sediar eventos de caráter profissional, de caráter político, de caráter científico, cultural, esportivo. Brasília por natureza é uma capital de eventos, portanto nós estamos muito felizes de receber as pessoas de fora e de todos os Sebrae de todo Brasil, também aqui os nossos os participantes brasilienses. 
Aproveito para convidar aqueles que são de fora para conhecer a nossa cidade, essa cidade que é patrimônio cultural da humanidade. Depois que quero fazer e faço em nome de toda a diretoria do Sebrae, eu quero agradecer a profunda parceria do Sebrae com o Governo de Brasília. Desde o início do nosso governo o Sebrae tem sido um grande parceiro e aqui eu recomendo aos prefeitos municipais, aos gestores municipais, que se aproximem do Sebrae nas suas cidades porque essa integração e interação entre poder público e Sebrae, tem condições de promover medidas muito positivas para o desenvolvimento local, então fica aqui o nosso agradecimento.
Quero dizer que uma das coisas que temos para mostrar dessa parceria do Governo de Brasília com Sebrae é o nosso sistema simplificado de registro de empresas de baixo risco, como foi dito aqui, o presidente Afif, ainda como ministro, lançou esse desafio e disse que Brasília serviria como piloto para o Brasil. E de fato aqui a gente demorava três, quatro meses, talvez até mais do que isso, para abrir uma empresa de baixo risco, hoje com 4,7 dias em média nós estamos abrindo as empresas de baixo risco. Mas quero dizer que aqui é uma posição de governo privilegiar, prestigiar as micro e pequenas empresas, a partir de um entendimento de que são elas que formam a maior parte dos empregos, e elas que tem a maior capacidade de promover a retomada do crescimento com distribuição de renda e com geração de empregos. 


E temos vários programas aqui, estamos fortalecendo agora com o Banco do Brasil esse programa de microcrédito que é muito importante, mas temos o Prospera, que é de um fundo que temos na Secretaria de Trabalho que já distribuiu, já financiou mais de 9 milhões de reais esse ano para pequenos agricultores, para pequenos empreendedores e com isso contribuíram para o desenvolvimento da nossa economia. Mas a grande novidade que estamos implantando nesse momento, e usando como piloto a cidade de São Sebastião, 26 escolas na cidade de São Sebastião, é o cadastro de microempreendedores individual: marceneiros, pedreiros, vidraceiros, pintores, que são contratados diretamente de forma aleatória e por revezamento pelas escolas. 

Com isso muitas vezes nós estamos contratando o pai de uma criança que estuda naquela escola, a mãe de uma criança que estuda naquela escola, e quem faz a avaliação é o próprio diretor da escola. Concluiu o governador

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo