sábado, 4 de novembro de 2017

Sempre cansado? A culpa pode ser das hormonas

Será que o seu sistema hormonal está a funcionar corretamente?Todo o

funcionamento do corpo humano depende das hormonas, secreções da glândula endócrina que se assumem como determinantes na saúde e bem-estar. Embora o sistema hormonal esteja sempre ativo, é à noite que o bom funcionamento é 'decidido', uma vez que a qualidade do sono vai determinar o quão boa será a produção das hormonas.

Mas se a qualidade do sono afeta as hormonas, também as hormonas afetam a qualidade do sono... e não só. Como explica o site Bustle, a sensação constante de cansaço em nada pode ter a ver com o trabalho ou até com a prática de atividade física, pode, sim, ser a consequência de um estado hormonal descontrolado, com especial destaque para o cortisol.

Aquela que é a hormona do stress é capaz de ativar o estado de alerta, ansiedade e nervosismo, afetando a qualidade do sono e, por consequência, agravando a sensação de cansaço, podendo mesmo dar origem à fadiga adrenal.
A sensação constante de cansaço - e sem um motivo aparente - pode ainda ser causada por uma queda dos níveis de estrogénio ou quando se dá uma resistência à leptina, a hormona da saciedade. Como explica o site, a resistência à leptina é um trantorno que leva ao impedimento da produção desta hormona, causando uma sensação constante de fome, mas também a sensação de cansaço e até de doença.

Responsável pelo relógio circadiano, a melatonina é uma outra hormona com implicações diretas na sensação de cansaço, uma vez que tanto pode afetar a capacidade de dormir à noite, como pode aumentar a sensação de sono ao longo do dia.

Diz ainda a publicação que os baixos níveis de insulina estão também relacionados com os baixos níveis de energia, sendo, por isso, a fadiga crónica uma das consequências mais comuns da Diabetes... mas não só: também os problemas de tiróide podem interferir negativamente com os níveis de energia.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo