domingo, 5 de novembro de 2017

Sinpol-DF divulga balanço da paralisação de 24 horas dos policiais civis

A paralisação de 24 horas dos policiais civis do Distrito Federal foi encerrada às 8 horas da manhã desta quinta feira (2).
Dados divulgados pelo Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF) revelam que a paralisação contou com adesão de toda a categoria e que, no período, 72 ocorrências de flagrantes foram registradas, juntamente com seus procedimentos e diligências padrões, nas 16 centrais de flagrantes em funcionamento atualmente. 

Além disso, durante a paralisação, cerca de 3 mil pessoas procuraram os serviços da policia civil para registro de ocorrências, produção de exames e laudos, confecção de documentos, elaboração de provas documentais e outros serviços.

"Tivemos a chance de conversar e informar a população sobre o descaso do governador Rodrigo Rolemberg com a Polícia Civil e a Segurança Pública e o retorno foi bastante positivo. Praticamente a totalidade dos cidadãos compreendeu a nossa reivindicação e a importância dela para todos. E disse que retornaria hoje a nossas unidades para conclusão da comunicação dos fatos criminosos", conta Rodrigo Franco, presidente do Sinpol-DF. "É muito importante para a nossa luta que a população reconheça que investir em Segurança Pública também passa pela valorização dos seus policiais e esse retorno positivo que recebemos certamente nos deu mais energia para seguir", acrescenta. 

Uma nova assembleia acontecerá na próxima semana e novas ações serão deliberadas.



Bruno Aguiar
Gestor de Comunicação
(61) 9 8195-9402

bruno@coletivoconversa.com.br

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo