quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Mortes no trânsito do DF reduzem pelo 12º mês consecutivo

Em novembro, a quantidade de vítimas fatais no trânsito reduziu 42% e, em 2017, a queda já atingiu 34,7%
No mês de novembro, o número de mortes provocadas por acidente de trânsito caiu 42% no Distrito Federal. Foram 18 vítimas fatais contra 31 em novembro do ano passado.

Conforme dados do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), desde dezembro de 2016 o órgão vem registrando uma queda consecutiva no número de mortes no trânsito.

Considerando somente os números deste ano, de janeiro a novembro de 2017, ocorreu uma redução de 34,7%. São 235 mortes contra 360 no mesmo período do ano passado.

Para o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca, o resultado é bastante positivo. “Mas enquanto houver uma morte no trânsito nós não temos o que comemorar”. Fonseca atribui esse resultado ao trabalho integrado de todas as forças do sistema de Segurança Pública do DF.

Meta da ONU

Com esse resultado, o Detran-DF trabalha com a expectativa de ultrapassar a meta determinada pela Organização das Nações Unidas (ONU), de reduzir o número de mortes em 50% na década 2011 a 2020, tornando-se um exemplo nacional contra a violência no trânsito.

Em 2011, foram registradas 465 mortes no trânsito do DF. Este ano, até o dia 30 de novembro, morreram 235 pessoas em acidente. Uma redução em torno de 49,4%. Isso indica que o Distrito Federal deverá atingir a meta da ONU já em 2018.

A Década de Ação pela Segurança no Trânsito foi lançada em maio de 2011. O programa envolve dez países que se comprometeram a tomar medidas para prevenir os acidentes que, segundo a ONU, matam cerca de 1,3 milhão de pessoas por ano no Brasil. 




imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo