'Mulheres salvam os homens sempre', diz atriz de 'The Walking Dead'

Danai Gurira, atriz que interpreta a espadachim da série de zumbis, foi
convidada do painel Enfrentando Zumbis em evento de cultura geek, que Michonne, personagem de "The Walking Dead", e Eleven, de "Stranger Things", têm em comum?
Para Danai Gurira, atriz que interpreta a espadachim da série de zumbis, ambas servem como inspiração para as mulheres, uma vez que são duronas e estão sempre protegendo os demais personagens das atrações.
Foi o que a atriz disse, neste sábado (9), no painel Enfrentando Zumbis, da Comic-Con, evento de cultura geek que acontece em São Paulo.
"A Michonne é uma guerreira", declarou. "Ela me leva mais muito mais longe do que eu iria sozinha. Ela nem considera a possibilidade do fracasso. Eu amo que as crianças e mulheres possam ver uma personagem assim."
"E a Eleven não precisa ser salva. Ela é quem salva os colegas. Temos que promover esse poder das mulheres. Conseguimos fazer muita coisa quando utilizamos nosso potencial", afirmou.
A atriz, que já tinha marcado presença na apresentação da Marvel -ela está no elenco de "Pantera Negra", com estreia prevista para fevereiro-, falou que se preocupa com o tipo de papel que costuma aceitar, mas que não pensou duas vezes antes de dizer sim para interpretar Michonne -uma mulher durona que protege a si mesma, e outros, com uma espada.
Gurira afirmou que vem recebendo muitos elogios das fãs e acha importante que elas tenham uma personagem forte como inspiração.
"As mulheres não precisam que alguém as salve. Não é isso o que acontece na vida real. As mulheres salvam os outros o tempo todo. Se você tem problemas, vai até a sua mãe", disse.
Para Gurira, a ficção não deve diminuir o poder das mulheres para enaltecer o homem. "Ainda precisamos deles, mas em uma relação de parceria. Sem que ele se sinta intimidado ou tente nos diminuir."
"Já recebi feedbacks de meninas dizendo que criaram coragem para superar seus traumas ou para fazer alguma coisa que nunca teve coragem de fazer. É por isso que fazemos esse trabalho de coração."
KATANA
Ela contou, ainda, que aprendeu na escola como manusear uma espada, mas precisou treinar para assumir a famosa katana da personagem. "Na primeira vez que pratiquei, eu nem conseguia levantar os braços. É preciso fazer uma movimentação com corpo todo, e tive que aprender tudo. Ela e a espada estão em uma relação, a katana é parte do corpo dela", diz a atriz.
Apesar de ter nascido nos EUA, Gurira foi criada na África. Ela afirmou que essa experiência lhe trouxe a necessidade de construir pontes entre diferentes culturas.
"Acredito que meu chamado é construir pontes o máximo que eu puder. Como dramaturga, minhas peças retratam mulheres africanas e são exibidas nos Estados Unidos para que esses dois mundos possam conversar."
Ela finalizou sua participação na Comic Con dizendo para os fãs que sejam os melhores brasileiros que possam ser. "O mundo precisa da voz de vocês." Fonte:Folhapress.

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo