Justiça condena pai por matar filha de 4 anos asfixiada

O caso aconteceu em São Paulo em 2015, quando Ricardo Krause usou um saco plástico para matar a criança,o autônomo Ricardo Krause Esteves Najjar foi

condenado na madrugada desta quinta-feira (1º) , por matar a própria filha, Sophia Kissajikian Cancio Najjar, de 4 anos, asfixiada com um saco plástico em 2015. O julgamento ocorreu no Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo.

De acordo com o 'G1', o crime imputado a Najjar foi o de homicídio doloso (quando há intenção de matar) duplamente qualificado, com pena de 24 anos e 10 meses de prisão. Além disso, ele também foi condenado por fraude processual, por ter alterado a cena do crime.

O Crime

A menina morava com a mãe, mas passava alguns períodos com o pai. Ricardo Najjar cometeu o crime no apartamento dele, no Jabaquara, Zona Sul de São Paulo. A criança foi encontrada asfixiada com um saco plástico na cabeça.
Os exames do Instituto Médico Legal concluíram que a criança apresentava manchas roxas pelo corpo, o tímpano rompido e uma lesão na parte interna da boca.

O acusado contou à polícia que tomava banho e, quando saiu, encontrou a filha com uma sacola na cabeça sem respirar. Os peritos, porém, contestaram essa versão. Pela análise, a criança foi agredida com um tapa no ouvido e depois asfixiada.


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo