Alice Wegmann escreve sobre morte de Marielle: 'Mulher, negra, lésbica'

A atriz se junta a diversos outros artistas e personalidades que não se

conformam com o assassinato.No sertão nordestino para gravar a série global 'Onde Nascem Os Fortes', Alice Wegmann não deixou de se emocionar com a morte de Marielle Franco, de 38 anos, vereadora no Rio de Janeiro pelo PSOL. A atriz se juntou a muitos outros artistas e personalidades que se mostraram inconformados com o assassinato que aconteceu nesta quarta-feira (14), na Região Central do Rio.

"Marielle. mulher. negra. lésbica. ativista. queria ter te dado mais que um voto.
queria ter te abraçado e sentido sua força. falamos por mensagem esses dias, sobre o seu artigo no Le Monde. “espero que goste”, você disse, “o novo sempre vem!!!”. e eu respondi que a admiração do lado de cá era grande. e disse pra seguirmos juntas, fortes. mas queria ter dito olhando nos seus olhos, também. você ainda tinha tanto pra consertar por aqui", escreveu a atriz.

"obrigada pela sua força. obrigada pela sua luta pela paz, contra a corrupção, a favor de um mundo mais igualitário e justo. hoje li a seguinte frase de valter hugo mãe: “aquilo que há de mais valioso deve ser um direito de toda a gente e distribuído por graça e segundo a necessidade.” acho que era nisso que você acreditava. e é por isso que, mesmo devastados com tamanha brutalidade, vamos seguir lutando aqui. que esse assassinato seja investigado incansavelmente, com toda seriedade. descanse em paz", finalizou Alice.

Alguns comentários no instagram:
 Carlosesser Essa deve ter incomodado muito aqueles que praticam o mau!! Que tristeza, saber que quem deveria nos proteger, mata aqueles que lutam por mais igualdade e amor ao próximo.

adriana_alline_lisboa E o motorista? Não existe? Ou é pq ele era branco (nem sei se era) ou pq ele era um simples trabalhador e não um amigo de artistas ele não merece respeito? Comoção? E as centenas de policiais negros, brancos e pardos executados friamente todos os dias? Pq ninguém se comove? Pq não há atos a favor dessas vidas? E os pais e mães de família assassinados pelas mesmas pessoas que ela defendia?
Que a comoção seja por todos. Não façam acepção na hora de se comover.

jusouza95Não se esqueçam que o motorista também morreu! Um simples trabalhador e pai. E também não esqueçam que todos os dias morrem mulheres, negras e brancas, crianças, homens, policiais e muito mais. Não sejam pontuais. Usem sua influência e fama para lutar por todos 

tati_silvestreSó não entendi o lésbica pois a opção sexual dela nd importa pela pessoa que ela representava e era!!!! isso é intimidade de alguém!!!!

fabianebarroso1É lamentável o que houve com a #Marilene, mas não podemos esquecer e só ressaltar o nome dela pois uma outra pessoa morreu e ninguém se quer disse alguma coisa. Isso nos mostram que a cada dia a violência no Rio tem aumentado e que nem as intervenções não estam sendo capazes de conter um pouco toda essa violência.


© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo