Caixa Cultural recebe musical Cabaret Show neste fim de semana

Espetáculo envolve artistas brasilienses e de todo Brasil escolhidos após processo seletivo. As apresentações acontecem na Caixa Cultural Brasília

Trilhas sonoras de filmes, clássicos da Broadway e também músicas nacionais. Após  processo seletivo, com quase 300 inscritos, 50 artistas de Brasília e de todo o Brasil vão estudar com renomados profissionais do Teatro Musical do Brasil e dos Estados Unidos e ter contato com todo este universo. O resultado será o desafio de montar, em apenas cinco dias de intensas oficinas, o espetáculo “Cabaret Show”. As apresentações acontecem dias 31 de março (sábado), às 20h; e 1º de abril (domingo), às 19h, na Caixa Cultural Brasília (Setor Bancário Sul QD 04). Os ingressos custam R$ 10 (meia-entrada).

Projeto que existe desde 2013, o Broadway Brasil é responsável pela imersão cultural fundamentada em quatro masterclasses, oficinas de montagem e o musical “Cabaret Show”. A iniciativa surgiu a partir da parceria entre o cineasta e produtor cearense Allan Deberton e o diretor teatral André Gress (CE). Em suas três primeiras edições, o evento aconteceu na cidade de Fortaleza (CE) e contou com as versões “Broadway Brasil: Teatro Musical no Ceará”,  “Broadway Brasil – O Show Vai Começar” e “Broadway Brasil  – O Show Não Pode Parar”. Brasília será a próxima cidade a receber o evento com o nome de “Broadway Brasil – Na Estrada”. Da capital federal, o projeto segue para Recife (PE).

Na imersão, que acontece de 26 a 30 de março também na Caixa Cultural Brasília, 50 selecionados vão dançar, interpretar e  cantar sob a coordenação de feras do gênero musical. Dentre eles, André Gress, Annette Tanner, Dan Knechtges, Nick Adams, Luciano Andrey e Soraya Ravenle estarão na cidade para promover esta troca de experiência com os alunos.

“Saímos de Fortaleza para Brasília. E tivemos quase 300 inscritos. No “Cabaret Show”, o público vai ver temas de filmes, títulos nacionais de 1934 e clássicos da Broadway. O que é bacana é que cada diretor traz a sua marca. Alguns trabalham com jazz, outros valorizam as músicas nacionais. São diferentes autores e linguagens que os alunos de Brasília e de todo o Brasil selecionados poderão ter contato. De graça e com um belo resultado que será apresentado ao público”, pontua o diretor teatral André Gress.

O musical, uma surpresa para os artistas e para o público, nasce deste projeto.  A versão final e o repertório serão divulgadas apenas durante os shows.

O evento tem parceria com a organização norte-americana BROADWAY DREAMS FOUNDATION (BDF), que estará também em Brasília com toda a sua expertise em treinamento de jovens artistas. O patrocínio é da CAIXA e do Governo Federal.

CONHEÇA O TIME DE PROFESSORES DO “BROADWAY BRASIL” 2018

SORAYA RAVENLE (Atriz/cantora)

Atriz e cantora, Soraya já participou de filmes e diversas novelas e minisséries globais, entre elas “Dalva e Heriveto” (2010), “Malhação” (2011), “I Love Paraisópolis” (2015) e “Sob Pressão” (2017). Sua carreira no teatro musical tem destaque com atuações nos espetáculos “Ópera do Malandro” (2003/2005), “Sassaricando” (2007/2008), “Um Violinista no Telhado” (2011), "Todos Os Musicais De Chico Buarque em 90 Minutos" (2014/2015), “Puro Ney” (2017) entre outros.

LUCIANO ANDREY (Ator/cantor e diretor )

Ator, cantor, diretor, produtor e versionista. Andrey atua na cena teatral paulistana desde 2003 e no mercado de teatro musical desde 2007. Participou do espetáculo “Vamp, o Musical”, com direção de Diego Moraes e supervisão de Jorge Fernando, além dos espetáculos “Gabriela, Um Musical de João Falcão”, "Priscilla, Rainha do Deserto" (2012), "A Madrinha Embriagada" (de Miguel Falabella), “Miranda por Miranda” (de Stella Miranda e Tim Rescala) e “Vingança” (de André Dias). Sob a direção de Jorge Takla e Tania Nardini, atuou em "O Rei e Eu", "West SideStory" e "My Fair Lady".  À frente da Livre Entretenimento, codirigiu e produziu o espetáculo "Nuvem de Lágrimas, O Musical". Como tradutor e versionista, em parceria com Bianca Tadini, ele assinou as versões brasileiras dos musicais “We Will Rock You”, "Mudança de Hábito", “Jesus Cristo Superstar”, além da comédia "Vanya e Sonia e Masha e Spike” e de “Peter Pan – O Musical”.

DAN KNECHTGES (Diretor e coreógrafo)

Na Broadway se destaca com títulos como “Lysistrata Jones” (Direção e Coreografia), “Xanadu” (Dirigido por Chris Ashley, Indicação ao Tony e Drama Desk), “Sondheim on Sondheim” (Dirigido por James Lapine), “110 in The Shade” (Estrelando AudraMcDonald) e “The 25th AnnualPutnumCountySpelling Bee” (Dirigido por James Lapine.) Dan também coreografou shows Off-Broadway como “The 25th Annual Putnam County Spelling Bee at Second Stage”, quando ganhou o prêmio “Lucille Lortel Award”. Créditos Off-Broadway a peça: “Tail! Spin!” (Estrelando Rachel Dratch), “Clinton The Musical” (Estrelando Kerry Butler e Judy Gold), “MerrilyWeRollAlong for Encores!” no City Center (Dirigido por James Lapine), “Vanities” no SecondStage e Direção e coreografia de Lysistrata Jones para o Transport Group.

MAXX REED (Coreógrafo)

Maxx é performer, educador, coreógrafo, diretor e filmmaker em NYC. Estreou na BROADWAY no musical "Spiderman: Turn off the Dark". Com seus estudos, que vão desde o ballet clássico até ao hip hop, ele já participou como bailarino dos vídeosclipes “Hold My Hand”, do cantor Michael Jackson, e “Who Run The World (Girls)”, da cantora Beyoncé. Além disso, integrou a equipe de bailarinos da turnê "This Is It", de Michael Jackson; e foi coreógrafo para a cantora Mariah Carey e no musical "Nikola Tesla Drops the Beat". Na televisão, trabalhou para o canal ABC no programa "Dance War: Bruno vs Carrie Ann" e nas premiações americanas “The Tony Awards” e “American Music Awards”. Maxx também é fundador da Esotericam Productions, no qual é diretor, filmmaker e produtor de vídeos artisticos, com destaque para a série documental "Live at Gramercy Park" e os curtas “Pas de Carole” e “The Sonnet Project”.

NICK ADAMS (Ator/cantor e coreógrafo)

Nick possui diversos créditos entre os musicais da Broadway, tais como: “Guysand Dolls” (2009), “The Pirate Queen” (2007), bem como os revivals “A Chorus Line” (2006) e “Chicago” (1996). Além disso, integrou o elenco principal do musical “Wicked” (2005) no papel de Fiyero, na tour nacional dos Estados Unidos. Ganhou destaque nos musicais “La Cage aux Folles” (Broadway Revival, 2010), ao interpretar a dragAngelique, e também em “Priscilla, Queen of the Desert: The Musical” (Broadway, 2011), com a personagem Felicia, pelo qual foi vencedor nas categorias ‘Favorite Breakthrough Performance’ e ‘Favorite Diva Performance’ na premiação Broadway.com AudienceChoiceAwards no mesmo ano.

ANNETTE TENNER (Dir. Executiva BDF)

Cofundadora e diretora executiva da BROADWAY DREAMS FOUNDATION. Juntamente com grandes e respeitados produtores, diretores, diretores de elenco e performers da indústria do entretenimento musical, Annette beneficia estudantes a nível nacional e internacional, criando laços e oportunidades de trabalho em workshops da Broadway, concertos ao vivo e demais projetos. Como associada, trabalha em projetos em NY, com destaque para "Altar Boyz", "Mary Poppins" e "Annie". Em 2016, trabalhou como diretora de elenco no show “Mariah Carey: “All I Want for Christmas is You”, da cantora Mariah Carey, realizado no Bacon Theatre (NY).

ANDRÉ GRESS (Diretor Artístico)

Estudou Teatro Musical na New York FilmAcademy (NY) e participou de workshops e masterclasses com profissionais de grandes musicais, entre eles: Andy Blankenbuehler (Hamilton), Tony Meola (Wicked), Chris Buck (Frozen), Jeremy Dobrish (Curious George), John Basil (Passages), Grady Barker (Paper Mâché Monkey) e Judi Lewis Ockler (StageCombat). Foi o primeiro selecionado internacional a integrar a equipe da BROADWAY DREAMS FOUNDATION, onde trabalhou como assistente de direção dos diretores StaffordArima, Dan Knechtges e Otis Sallid. Em 2013, juntamente com Allan Deberton, desenvolveu o projeto 'Broadway Brasil', que já trouxe grandes nomes da indústria do entretenimento internacional para o Brasil, a exemplo dos artistas Alex Newell (Glee), Quentin Darrington (Cats), Nick Adams (Priscilla), Thom Warren (Lion King) e Spencer Liff (So You Think You Can Dance). Em 2016, trabalhou na equipe Rio 2016 na realização das Cerimônias de Abertura e Encerramento das Olimpíadas e Paraolimpíadas. Ainda no Brasil, trabalhou com os artistas Marcelo Castro, Miguel Briamonte, Liliane Secco e Saulo Vasconcelos. Foi diretor do "Avenida Q - O Musical da Broadway" (2015/2016), realizado em Fortaleza (CE), colocando a cidade como terceira a montar um espetáculo profissional licenciado no Brasil. Em 2017 fundou a THE BIZ – Escola de Artes, além de dirigir “A Hora da Estrela – O Musical”, adaptação da obra de Clarisse Lispector.

ALLAN DEBERTON (Produtor Executivo)

Produtor, diretor e roteirista, formado em Cinema na Universidade Federal Fluminense (UFF-RJ). Dirigiu os premiados “Doce de Coco” (CE, 2010), “O Melhor Amigo” (2013), “Os Olhos de Arthur” (2016), que juntos participaram de mais de 100 festivais nacionais e internacionais e conquistaram 45 prêmios. Em 2015, produziu o primeiro musical da Broadway no Ceará, “Avenida Q” (Avenue Q), patrocinado pelos Correios. Desde 2013, produz com André Gresso projeto “Broadway Brasil”, em parceria com a “Broadway Dreams Foundation” (EUA). Em 2015, produziu o longa documentário “Do Outro Lado do Atlântico”, de Márcio Câmara e Daniele Ellery, contemplado no SPCINE. Em 2017, produziu para a EBC a série de TV  “Lana & Carol”, de Samuel Brasileiro e Natalia Maia (PRODAV 9/15); o longa “Se Arrependimento Matasse”, de Lília Moema (PRODECINE 1/15); produziu e escreveu as letras do espetáculo “A Hora da Estrela – O Musical”, baseado na obra de Clarice Lispector, patrocinado pela CAIXA. Atualmente, produz seu primeiro longa como diretor, “Pacarrete”, contemplado no edital FSA/Minc e desenvolve os longas “O Melhor Amigo”, “Doce de Coco”, “Meire Love” e a série de tv "Salão 190".

Sobre o  “BROADWAY BRASIL”

O projeto “BROADWAY BRASIL” é uma realização da DEBERTON ENTRETENIMENTO, sob a produção executiva de ALLAN DEBERTON e direção geral e artística de ANDRÉ GRESS. Criado em 2013, por meio da parceria entre o cineasta e produtor Allan Deberton juntamente com o diretor André Gress, o projeto iniciou na cidade de Fortaleza (CE, Brasil) e busca incentivar o crescimento profissional de artistas e estudantes das artes de todo o Brasil por meio de capacitação gratuita. Além disso, logo após a grande receptividade do espetáculo "Avenida Q – O Musical da Broadway em Fortaleza", primeiro musical licenciado e montado fora do eixo Rio/ São Paulo, realizado em 2015 pela dupla, a vontade de dar continuidade na área de capacitação só aumentou.


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo