Fernanda em sua página da rede social.

Morre intérprete de uma das maiores vilãs das novelas mexicanas; SBT lamenta
Uma notícia triste para os fãs de novelas mexicanas: faleceu nesta quinta-feira,

1° de março, a atriz María Rubio, aos 83 anos. Ela foi simplesmente a intérprete da vilã de uma das novelas mais marcantes do país latino.A neta de María, Fernanda Reyes Pedret, fez uma homenagem para a atriz. “Minha avó, meu ídolo, meu exemplo a seguir, agora está descansando com meu pai. Dois anjos que cuidam de nós da onde estejam”, escreveu 

Nas redes sociais, o SBT, que já exibiu novelas estreladas pela atriz, também prestou uma homenagem. “E hoje quem nos deixou foi a grande atriz María Rubio, que marcou como a vilã Catalina Creel em ‘Ambição’, e esteve recentemente na nossa telinha como a matriarca Hortência Armendaríz em  “Querida Inimiga” nossos mais profundos sentimentos a família, amigos e fãs! Grande estrela!”, disse a publicação do canal de Silvio Santos.

Uma das grandes estrelas da teledramaturgia mexicana, María Rubio estreou várias produções na televisão, como “El Milagro de Vivir” (1975), “Tú Eres Mi Destino” (1984), “Império de Cristal” (1994) e “Querida Inimiga” (2008).
Mas, certamente, seu papel mais conhecido e aclamado foi como a perversa Catalina Creel, a grande vilã de “Ambição” (“Cuna de Lobos”), exibida pelo SBT entre 1991 e 1992. A vilã usava um tapa-olho e matou vários personagens que descobriram o seu segredo (bem mexicano, diga-se de passagem): ela, na verdade, não era cega de um olho.

A informação da morte da artista foi divulgada pela Televisa, que prestou homenagens a ela. María estava afastada do trabalho há seis anos por conta de problemas de saúde.


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo