A relação das frutas com a gordura no fígado

Quem nunca comeu uma frutinha pra enganar a fome? Mas será que isto ajuda? O post de hoje foi inspirado em um livro que eu comprei em um sebo, onde havia uma dieta que estabelecia sete frutas para se consumir durante o dia. Esta obra é antiga e eu entendo que novos estudos foram feitos, por isto devemos ficar atentos.

Vamos lá? As frutas são ricas em vitaminas e sais minerais. Esta é a razão de o pediatra recomendar duas porções diárias para as crianças. Você vira adulto e, por força do hábito, vai à feira comprá-las para sua família É um gesto de carinho dentro de uma tradição alimentar. Afinal de contas, é uma obra de Deus!

Você já ouviu falar em venenos naturais? Pois é, fruta em excesso é um deles, assim como a maconha. Nelas encontramos a frutose, que é um tipo de açúcar que pode fazer mal para o organismo, causando a esteatose hepática, a famosa gordura no fígado que acreditamos que só afeta quem consome bebidas alcoólicas.

Agora pasmem. Quando usada em grandes proporções, a frutose faz mais mal para seu fígado do que éter. Quem nunca se preocupou com quem gosta de beber? Devíamos ficar igualmente inquietos com quem leva frutas para o trabalho pra consumi-las na hora da fome, como eu mesma fazia. Uma prova do mal da frutose é a dieta dos diabéticos. É a primeira coisa que eles têm que abdicar.

Segundo o médico Lair Ribeiro, a fruta não avisa seu cérebro que você está saciado, ou seja, quem consome continua comendo ou com fome. E os sucos? Piorou. Nas frutas com casca ainda se ingere as fibras que ajudam seu intestino a trabalhar, mas quando se prepara um suco de laranja o bagaço fica lá no espremedor e para um copo de de 300ml são necessárias seis unidades em média. É esta a dose que seu organismo absorve. Quando quiser comer uma fruta, lave-a e coma.
Eu sei que quem faz musculação costuma comer uma penca de bananas por dia. Elas são ricas em potássio, que evita as câimbras, e em fibras, o que nos sacia, mas têm muita frutose. O abacate, por exemplo, é rico em colesterol bom.

Minha dica de hoje é esta: sentiu sede, tome água. Está com vontade de um sabor doce e sabe que não pode comer sorvete, seja prudente na escolha da fruta, ou dependendo de seu quadro clínico, abra mão deste capricho. A sensação de vitória que temos quando resistimos à tentação é maior do que a que conseguimos ao cometer um “pecadinho”. Não desista de você, transforme-se. Por: Thais Moreira

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo