Pastora acusada pela morte dos filhos

Crianças de de 3 e 6 anos foram mortas em um incêndio.

A pastora Juliana Sales Alves foi transferida do presídio de Minas Gerais para o Espírito Santo neste sábado (14), segundo informações do G1.
Ela e o marido, o pastor Georgeval Alves, são acusados pelo homicídio de seus filhos Joaquim e Kauã, de 3 e 6 anos, mortos em um incêndio em Linhares.

Desde o dia 20 de junho, Juliana estava presa em Teófilo Otoni e, agora, foi levada para o Centro Prisional Feminino de Cariacica, na Grande Vitória.
Georgeval, pai de Joaquim e padrasto de Kauã, foi acusado de estuprar, agredir e queimar as crianças. Já Juliana foi presa porque foi omissa e sabia dos abusos que as vítimas sofriam.


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo