/>



Publicidade - Blog da Malu




Variedade: 08 Técnicas de organização para uma boa mala de viagem

Não basta levar as peças prediletas de verão ou inverno, de acordo com o clima local.SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Roupas em rolinhos, meias dentro dos calçados e sacos compressores. Afinal, existe um jeito certo de fazer as malas?

A personal organizer Ingrid Lisboa, que ministra o curso "Mala Inteligente", defende que não -na verdade, são várias as formas de compor uma boa mala de viagem.

"Primeiramente, é preciso que a pessoa pesquise sobre as temperaturas, condições, topografia e até sobre a cultura do destino da viagem", explica. "Há roupas que, mesmo que combinem com o clima do local, não combinam com ele. Por exemplo, em Trancoso, não adianta levar salto alto."

Segundo ela, não basta levar as peças prediletas de verão ou inverno, de acordo com o clima local. É importante pensar nas atividades e passeios do dia a dia na viagem. Ingrid dá o exemplo de algumas igrejas na Itália nas quais não se pode entrar vestindo regata ou saia, mesmo que seja verão.

"A maioria das pessoas que não fazem a mala dessa forma, trazem de volta da viagem até 80% das peças que levaram sem usar", afirma. É o que acontecia com a senhora Olinda Vioto, de 70 anos. Ela conta que, quando se preparava para uma viagem a Portugal, acabou fazendo o curso de Ingrid, na intenção de levar menos roupas.

http://www.mundodastribos.com/
"Antes eu colocava roupas demais na mala, mas deixava de usar metade delas", diz. "Tenho outra base, agora. Já não levo tantas calças jeans, por exemplo, que pesam mais, e penso em como combinar as peças entre si."

Neste final de ano, a Sra. Olinda viaja para Bauru, interior de São Paulo, e diz que opta por tecidos mais finos e que não amassam, como indicou Ingrid, além de separar peças íntimas e acessórios menores em embalagens.

No entanto, a principal regra de Ingrid ao montar uma mala é sobre a combinação de looks. Ela indica levar uma combinação de roupas para cada atividade que for fazer, podendo repeti-las em duas ou até três atividades. "O mais importante é que cada peça escolhida combine com outras três da mala. Uma calça deve combinar com ao menos três blusas, para você não usá-la apenas em um dia", diz.

Ela ainda defende que roupas que nunca foram usadas, ou que não são usadas há muito tempo, não sejam colocadas na mala. O mesmo vale para sapatos e peças desconfortáveis, ou que amassam facilmente. Para Ingrid, mais vale colocar acessórios do que tantas roupas na mala.

A personal organizer Bárbara Volnei reitera: "Escolha peças que combinem entre si para não exagerar na quantidade; a preferência é pelas cores neutras. Lenços e acessórios multiplicam seus looks".

Definindo as atividades, o clima e o tipo do local, seu guarda-roupa de viagens está definido. Para guardar tudo na mala, Bárbara indica o uso de malas em modelos compactos, que sejam resistentes, leves e, preferencialmente, com rodinhas.

Quanto maior a mala, mais coisas você irá colocar de
O ideal, segundo ela, é que se faça uma lista com tudo o que será necessário levar de cada membro da família, e que a arrumação da mala comece ao menos dois dias antes da viagem, principalmente se a família tiver muitos integrantes.

DICAS ÚTEIS

Vale ainda se atentar a detalhes que facilitam na hora de montar a mala e escolher o que usar durante a viagem. "A maioria das pessoas, quando vai fazer uma mala, se preocupa muito em fazer caber tudo dentro dela, e não em como irá manusear essa mala durante a viagem, que é mais importante", diz Ingrid.

Bárbara indica que as peças mais pesadas, como casacos e roupas jeans, sejam colocadas no fundo da mala. Ela diz que, no caso de viagens longas, para ganhar espaço, vale arrumá-las em rolinhos, desde que não sejam peças volumosas.

Já Ingrid alerta para o cuidado com as peças em rolinhos, que podem amassar. Ela defende uma mala de fácil manuseio. "Colocar as meias dentro dos sapatos serve só para fazer caber mais coisas na mala, mas torna o manuseio das peças difícil. Uma boa mala é aquela que não te tira tempo da viagem.

"Para o verão, a dica é levar tecidos naturais -algodão e linho deixam a pele respirar melhor, mas amassam mais. Os tecidos sintéticos esquentam mais o corpo, mas amassam menos; por isso são indicados para ocasiões mais formais.

Ambas as profissionais indicam o uso dos organizadores de malas, que "setorizam" as peças entre os tipos de roupas, os calçados e acessórios. Produtos de higiene podem ser levados em embalagens menores, apenas com as quantidades necessárias para os dias de viagem, e vedadas com filme plástico e/ou fita adesiva.

Ingrid também dá a dica de tirar fotos das combinações de roupas que estão sendo levadas. "No final, acabo tendo meu próprio 'lookbook' de viagem; um catálogo para escolher o que usar de maneira bem mais rápida."

"Nunca leve a mala lotada. Deixe um espacinho na mala para trazer compras que porventura venha a fazer", finaliza Bárbara. Ingrid acrescenta: "Levando a mala mais leve, até consigo trazer algum souvenir da viagem."



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo