Preconceito: Professora é denunciada por dizer em sala: “preto que não estuda, a derrota é certa”


Uma estudante da Escola Estadual Marcelina de Campos, localizada no Bairro Jardim Santa Amália, em Cuiabá, registrou um boletim de ocorrência contra uma professora-substituta afirmando que a educadora disse palavras preconceituosas em sala de aula.

Segundo o relato da estudante de 18 anos, na manhã da última terça-feira (27) a professora da disciplina de História disse: “Afro e preto que não estudam, a derrota é certa”.

A aluna se sentiu ofendida, mas resolveu não falar nada para a professora devido ao fato de ela estar apenas substituindo a educadora oficial da turma.

Porém, depois da aula ela foi até a secretaria com o intuito de conversar com a coordenadora.

Como não conseguiu, ela resolveu que registraria a fala da professora no livro-ata da escola nesta quarta-feira (28).

Ao mesmo tempo, resolveu procurar a delegacia e registrar um boletim de ocorrência por “discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, ou procedência nacional”.
 Informações do portal:https://olivre.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo