Quimioterapia sem queda de cabelo já é possível em Brasília

Centro de Câncer de Brasília é o primeiro a oferecer tratamento que impede a queda de cabelo durante a quimioterapia

Umas das principais queixas dos pacientes com câncer, principalmente as mulheres, é a queda de cabelo (alopecia). Ela pode não ser a pior parte do tratamento, mas com certeza, assusta, até por que, a falta de cabelo reforça a presença da doença, mexendo com a autoconfiança das pessoas.

De acordo com o diretor médico do Centro de Câncer de Brasília (Cettro), Fernando Vidigal, os pacientes da capital federal agora têm um tratamento que resfria o couro cabeludo e impede que o cabelo caia. Para isso, uma touca térmica é colocada no paciente com câncer cerca de 30 minutos antes da primeira sessão de quimioterapia e só é retirada ao fim da sessão, cuja duração varia de acordo com o medicamento usado, não ultrapassando três horas. “A temperatura baixa, cerca 17 ºC, resfria o couro fazendo com que os vasos da cabeça se contraiam e, assim, menos sangue circula no couro cabeludo, o que reduz a ação do medicamento nos folículos capilares e, consequentemente, a queda de cabelo. Tudo isso, sem prejudicar a eficácia do tratamento”, explica o médico.

Em Brasília, o procedimento já pode ser realizado em todas as unidades do Cettro e já conta com muitos adeptos, que agora se sentem ainda mais seguros em passar por uma doença tão séria como o câncer. “Muitos pacientes chegam a recusar o tratamento pelo medo de enfrentar a alopecia, mas agora, com esse tratamento, a ideia é conseguir salvar ainda mais vidas”, conclui. 
 SERVIÇO:
Resfriamento do Couro Cabeludo para Prevenção de Queda de Cabelo por Quimioterapia
  Tecnologia: Paxman Orbis Scalp Cooler
  Onde: Centro de Câncer de Brasília (Cettro)
  Informações: (61) 3429 2900
  www.cettro.com.br


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo