Vai sair de férias? Tenha alguns cuidados com a saúde

Dermatologista e nutricionista dão recomendações para evitar problemas comuns em viagens, como intoxicação alimentar, insolação e micoses


Alguns problemas de saúde são típicos dos turistas. Além da diversão, as férias podem trazer “efeitos adversos”, como a intoxicação alimentar, a insolação e as micoses. Cuidados com a alimentação e com a pele ajudam a evitar esses transtornos.

A principal regra é: hidrate-se! “É comum a pessoa ficar bebendo cerveja na praia e esquecer de beber água. Mas o álcool desidrata o organismo. Se for beber, intercale a bebida alcoólica com copos de água”, recomenda o nutricionista Daniel Novais. A água de coco também é uma boa pedida. “Ela é altamente hidratante e rica em nutrientes, como o potássio.”

Crianças e idosos são mais vulneráveis à desidratação, por isso vale ter atenção redobrada com eles. Veja mais dicas para garantir uma viagem somente de boas lembranças!

Cuidados com a alimentação

Os sintomas são bem conhecidos: vômito, diarreia, náuseas, febre... A intoxicação alimentar pode prejudicar vários dias da tão desejada férias. Ela é provocada por alimentos contaminados, geralmente por bactérias.

Para ficar longe dela, é importante dar atenção às condições de preparo dos alimentos, se é um local com boa higiene e armazenamento correto dos ingredientes. Alterações na cor, no cheiro e na textura da comida também indicam se ela está imprópria para consumo, mas muitos alimentos contaminados não apresentam sinais suspeitos.

 “Para lanchar na praia, eu recomendo escolher o queijo coalho, as castanhas, as carnes assadas na hora e outras fontes de proteína, uma saladinha. É melhor evitar sanduíches naturais, com muita maionese, frutos do mar crus, alimentos muito perecíveis”, aconselha o nutricionista Daniel Novais. Se a intoxicação te pegar de qualquer forma, a recomendação é repouso e bastante água! Se o quadro não melhorar, vá ao hospital.

Mas nem sempre o problema é a intoxicação alimentar. “Em muitos casos, a pessoa sente um mal-estar porque fez uma alimentação muito diferente do que ela está acostumada, não porque a comida estava contaminada. Nas férias, as pessoas costumam exagerar nas frituras, bebidas alcóolicas, doces... Dá para comer de tudo, com equilíbrio”, afirma.

Cuidados com a pele

Esteja bem equipado: protetor solar, óculos de sol, chapéu e roupas com proteção UV são grandes aliados na proteção contra os efeitos do sol. “É importante repor o protetor solar toda vez que sair da água. E não adianta economizar, passar pouquinho, porque isso diminui muito a eficácia”, alerta o dermatologista Erasmo Tokarski.

Caso ocorra insolação, o médico recomenda fazer uma hidratação profunda. “Ela precisa ser tanto externa, com produtos hidratantes, quanto interna, com a ingestão de líquidos.” Nas bolhas que se formarem na pele, Tokarski indica usar compressas de água fria. Ele também indica usar produtos específicos para queimaduras solares, que aliviam a sensação de ardência e podem ser encontrados em farmácias. “Quando a pele começar a se renovar, não arranque as ‘casquinhas’, porque isso pode causar ferimentos”, afirma Tokarski.

Além dos efeitos do sol, outro problema comum nas férias são as micoses provocadas por fungos, que se proliferam com mais facilidade no clima quente e úmido. “Alguns cuidados são evitar andar descalço em locais públicos e secar-se bem, principalmente nas dobras do corpo e entre os dedos”, orienta o especialista.  

Um dos lugares mais comuns para aparecimento da micose é nas unhas dos pés, condição chamada de onicomicose. O ambiente dos sapatos fechados facilita o surgimento dela. Em alguns casos, o problema pode se tornar recorrente e difícil de curar. “Mas os tratamentos têm avançado bastante. O Lunula Laser, por exemplo, traz resultados excelentes, sem os efeitos colaterais que podem ser provocados por medicamentos de uso tópico”, avalia o dermatologista.

Geralmente são necessárias de 4 a 6 sessões, de apenas 12 minutos cada, uma vez por semana. O Lunula Laser proporciona diferentes efeitos benéficos: fortalece o sistema imunológico, estimula o rejuvenescimento do tecido e a circulação sanguínea, além de ter ação antimicrobiana, antibacteriana e antifúngica.


© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo