Com uma vitória e um segundo lugar, Felipe Drugovich é líder do Euroformula Open

Brasileiro da RP Motorsport é o único piloto a alcançar o pódio nas duas corridas da etapa de abertura da temporada em Portugal

Foi de Felipe Drugovich o desempenho mais positivo nas duas corridas que marcaram sábado (14) e domingo (15), no circuito português de Estoril, a abertura da temporada de 2018 do Euroformula Open. O piloto brasileiro da RP Motorsport venceu a primeira prova do fim de semana de ponta a ponta, depois de largar da pole position. Na segunda, largando em terceiro, cruzou a linha de chegada em segundo, a 0s 276 do vencedor argentino Marcos Siebert.

O desempenho na primeira das oito etapas do Euroformula Open valeu ao paranaense de 17 anos a liderança do campeonato. Único piloto a alcançar o pódio nas duas provas portuguesas, ele totalizou 44 pontos, seis a mais que o vice-líder, e firmou seu nome na lista dos principais candidatos ao título da categoria, que prevê as corridas de sua segunda etapa na França, no circuito de Paul Ricard, nos dias 5 e 6 de maio.

Na tomada de tempos que definiu o grid da segunda corrida, disputada com pista molhada, Drugovich assegurou o terceiro lugar, a 0s011 do romeno Petru Florescu, pole position, e a 0s010 de Siebert. O piloto brasileiro da RP Motorsport repetiu na prova deste domingo a estratégia que o levou à vitória no sábado, de poupar o equipamento – sobretudo os pneus – visando manter nas voltas finais o nível de competitividade verificado durante toda a etapa.
Pódio da segunda corrida da etapa de abertura da temporada 2018 da Euroformula Open

Na quarta volta de corrida, Drugovich ultrapassou o alemão Jannes Fittje e voltou ao terceiro lugar de largada. Três voltas depois, assumiu o segundo lugar superando Florescu. Imprimindo um ritmo forte, o piloto brasileiro passou a registrar tempos de volta mais rápidos que o líder. Com isso, a diferença caiu de 4s a 0s7 de segundo a três voltas da bandeirada final.

Com mais de cinco segundos de vantagem sobre o holandês Bent Viscaal, que terminaria em terceiro lugar, o brasileiro ensaiou a manobra de ultrapassagem três vezes na última volta – Siebert chegou a bloquear as rodas de seu carro ao defender a liderança pela linha interna do traçado ao fim da reta dos boxes.

EUROFORMULA OPEN – ETAPA DE PORTUGAL
(Resultado final da segunda corrida após 19 voltas) 
1º) Marcos Siebert (ARG/Campos Racing), 30min34s156
2º) Felipe Drugovich (BRA/RP Motorsport), a 0s276
3º) Bent Viscaal (HOL/Teo Martin Motorsport), a 5s425
4º) Jannes Fittje (ALE/Drivex School), a 13s287
5º) Petru Florescu (ROM/Fortec Motorsport), a 13s422
6º) Cameron Das (EUA/Carlin Motosport), a 14s313

Fonte: Grelak Comunicação – Fotos: reprodução Euroformula Open 


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo