Vinho diminui o risco de Alzheimer

Ter a mente ativa na velhice é o objetivo de 100% da população mundial. Já sabemos que para isso é preciso uma boa dieta, atividade física regular e uma vida social ativa. Mas agora a Rush University Medical Center de Chicago, incluiu na lista de afazeres o hábito de uma taça diária de vinho. Além dos benefícios dos antioxidantes, o vinho pode preservar a capacidade cognitiva do cérebro que diminui o risco de demência e o Alzheimer .
A pesquisa acompanhou idosos com uma alimentação baseada na “dieta da mente”. Ela é baseada na alimentação mediterrânea, aliada ao consumo de vegetais de folhas verdes sobre outros vegetais e inclui o vinho no cardápio. Entre os benefícios da dieta, observou-se uma expectativa de vida de 7,5 anos a mais adeptos.
Mas nem tudo é perfeito. Na dieta não é tolerado carnes vermelhas, manteiga e margarina, queijo, bolos e doces e frituras e ou fast foods. Bom, mas saber que poderei manter o hábito de degustar um bom vinho todos os dias inclusive na minha velhice já é garantia de felicidade.


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo