Ministro Sul Africano de Artes & Cultura fala sobre história de Nelson Mandela

 Ministro de Cultura Nathi Mthethwa 

Eu sou uma admiradora da história de Mandela, acompanhei sua trajetória depois que ele saiu da cadeia, e deu uma volta ao mundo com seu exemplo de garra, caráter persistência. Eu até já me gravei um vídeo no meu Canal do YouTube falando sobre o poder de ter foco, garra e nunca desistir se seu sonho, e para mim Mandela dignifica tudo isso: um grande ser humano que representou muito bem na ONU.

Repórter Malu Silva
Hoje,eu tive o privilégio de conhecer pessoalmente o Ministro Sul Africano de Artes & Cultura, Nathi Mthethwa, que veio a Brasília para lançar oficialmente a Semana Cultural da África do Sul no Brasil. Em conversa com jornalistas, pude fazer algumas perguntas sobre o ativista que, este ano, faria cem anos.

Qual a marca deixada por Nelson Mandela na África do Sul?
Mthethwa - O Presidente Nelson Mandela desempenhou um papel fundamental para formar a África do Sul de hoje, garantindo que as pessoas se aproximassem e tentassem se unir sempre, porque ele nunca deixou de pregar que esse mundo pertence a todos nós. Devemos fazer tudo para garantir que seja um lugar melhor para se viver.

O centenário de Mandela está sendo comemorado este ano. O que os sul-africanos estão achando dessa enorme celebração?
Mthethwa - Os sul-africanos estão entusiasmados com tudo isso que vem acontecendo. As Nações Unidas fizeram da data de aniversário dele um Dia Internacional - o dia para fazer o bem à sociedade. Este ano, no entanto, nós estamos ainda mais felizes, porque é o ano de seu centenário - se ele tivesse vivido até os 100 anos, seu aniversário seria agora. O mundo todo está realizando eventos e ações de todo tipo para lembrar Nelson Mandela. É um grande privilégio.

Quais outras atividades estão previstas para acontecer este ano por ocasião do centenário de Nelson Mandela?
Mthethwa - No dia 24 de setembro, o Presidente da Assembléia Geral da ONU, o Secretário Geral e o Presidente da República da África do Sul irão inaugurar uma estátua de Mandela na recepção da sede da ONU, em Nova York. Será o rosto das Nações Unidas a partir de 24 de setembro. Imediatamente após a cerimônia, os chefes de Estado dos 193 países-membros da ONU participarão da Cúpula da Paz Mundial de Nelson Mandela. "É uma grande honra ter Nelson Mandela reconhecido como representante dos Direitos Humanos pelo mundo inteiro.

  Ministro concede coletiva a imprensa de Brasilia, na sede da embaixada da Africa do Sul
  


Publicidade - Blog da Malu




© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo