/>



Publicidade - Blog da Malu




Tunísia exporta azeite de oliva e tâmaras para o Brasil, comemora embaixador


O embaixador da Tunísia no Brasil, Mohamed Hedi Soltani, recebeu em sua residência, no Lago Sul, na noite desta quarta-feira (19) um grupo de jornalistas para mostrar um pouco do seu país, as relações com o Brasil e comemorar que a Tunísia é o primeiro país árabe a exportar para o Brasil: azeite de oliva e tâmaras. Mostrou aos interessados jornalistas, que pouco sabiam sobre a Tunísia, os produtos que exportam e a qualidade de suas comidas, entre os quais, a famosa pimenta que faz sucesso no mundo todo, os vinhos e as diversas qualidades de tâmaras. Anunciou que, do Brasil, a Tunísia importa principalmente, açúcar, café e algodão. Serviu um coquetel, exclusivamente com produtos daquele país árabe e, surpreendeu com a qualidade dos produtos que estão conquistando o mercado mundial.

Amin Sayeb, primeiro secretário da Embaixada da Tunísia, encarregado dos assuntos econômicos afirmou ao Repórter Brasília, que as relações da Tunísia com o Brasil, são boas.  Especificou que seu país exporta para o Brasil, principalmente, azeite de oliva e Tâmaras, com grande potencial de ampliação desse mercado.  Revelou que “em 2018, a Tunísia exportou cerca de 9 milhões de dólares o que não é significativo porque temos um potencial enorme”, acentuou Amin. Disse que o Brasil importa 70 milhões de toneladas de azeite do mundo inteiro. 

A embaixada da Tunísia quer ampliar as exportações para o Brasil, principalmente das tâmaras de luz, que são as mais claras e mais doces. Argumentou que a Tunísia produz azeite a mais de 2000 anos, e hoje é o maior produtor do produto do mundo, mas a quantidade que chega no mercado brasileiro é pequena. Além disso, o consumidor brasileiro não conhece muito sobre o azeite da Tunísia. Disse que vários países importam da Tunísia. Citou a Itália, a Espanha e também Portugal que importa azeite da Tunísia. Mas infelizmente, na América do Sul, o produto não é tão conhecido, frisa Amin Sayeb.

Entre outros produtos que a Tunísia pode exportar para o Brasil, existem frutas como o Romã, o tabasco (molho pimenta), que tem um sabor exótico, um pouco diferente, forte para comida apimentada. Tem ainda o cuscuz, prato típico da Tunísia do norte da África e também peixe, a Tuna , a sardinha. Sayab Amin, acentuou que o Brasil exporta mais de 200 milhões de dólares entre açúcar, soja, café e outros produtos.
Turismo
O turismo é bastante significativo na Tunísia, afirmou o encarregado de negócios da embaixada. “Este ano, por exemplo, recebemos cera de 7 milhões de turistas. A Tunísia tem 1.300 quilômetros de litoral, com praias lindas e infraestrutura moderna.
 Quanto aos preços, Sayab Amin disse que são muito competitivos e, comparando aos do Brasil o preço é muito baixo. Por isso, acredita numa ampliação grande de turistas brasileiros no próximo ano. Os voos partem de São Paulo, com escala em Paris, Marrocos (os dois ficam a duas horas de voo da Tunísia). E tem outras várias alternativas, assinalou.
Enfim, o embaixador Mohamed Hedi Soltani e sua equipe se credenciando para ampliar os negócios com o Brasil que vive, hoje, um novo momento.
Fonte>Edgar Lisboa, Agência Digital News


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo