Bombeiros, 51 oficias e seis aeronaves realizam buscas no local

Bombeiros encontram vítimas mortas após rompimento de barragem em MG.

Sete pessoas foram encontradas mortas após o rompimento da barragem Mina do Feijão, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, nesta sexta-feira (25)
A informação foi dada pelo prefeito da cidade em entrevista à GloboNews. O Major da Polícia Militar, Flávio Santiago, chefe da imprensa da corporação, confirmou o número de vítimas mortais até o momento. 

O Corpo de Bombeiros aponta que 200 pessoas estão desaparecidas.
Bombeiros, 51 oficias e seis aeronaves trabalham no local. 
Os helicópteros estão realizando o resgate de inúmeras pessoas ilhadas.
O presidente da Vale, Fabio Schvarstman, disse estar "consternado" com o rompimento da barragem da mineradora e afirmou que não conhece as causas da tragédia nem sua dimensão exata.

Um gabinete de crise da tragédia em Brumadinho está sendo estruturado na Faculdade Asa, que fica a pouco mais de seis quilômetros do local do acidente. 
Em entrevista a uma rádio de Brumadinho, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o rompimento da barragem da cidade poderia ser evitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo