/>



Publicidade - Blog da Malu




Artigo: História baseada no conto " Meu pé de laranja lima "

Está narração passa na cidade de Ouro Preto - MG conta a história da luta de uma mãe para criar seu quatro filhos .

Ouro Preto cidade de ladeiras,  ruas antigas , artesanato , história , e turistas muitos turistas durante o ano tornando- se assim uma cidade bastante atraente para a população que vem de fora. 
Mas enquanto o comércio trabalhava freneticamente e os turistas deixavam todo ou quase todo seu capital ali . 

Na rua estreitinha de paralepipido que ao caminhar por ali nos remetia aos tempos de colégio as aulas de história. Havia uma mulher com seus quatro meninos para criar todos eles de faixa etária distantes. 

José Lucas de 14 anos ajudava a mãe nos embrulhos das balas de Coco,  Álvaro Miguel - 8 anos cursava o ensino fundamental , Issac - 3 anos comia barro - Gregorio - 18 anos trabalhava com peças de fantoche no centro para atrair atenção dos turistas e dona Lurdes mãe dos garotos que vendia e confeccionava as balas de Coco em uma cesta de vime e saia pela cidade a vender .

Todos os dias das 8:00 ás 18:30 com os pés se arrastando quase vencida pelo cansaço lá iria dona Lurdes vender suas balas artesanais mas o que mudaria a vida daquelas pessoas drasticamente e pegaria todos de surpresa. 

 Em uma certa manhã com o cheiro do cocô fresco ecoando pela casa toda a as crianças já estavam de saída menos Gregorio dona Lurdes já preocupada com o atraso do filho vai até seu quarto e bate em sua porta e encontra Gregorio ainda de pijama deitado perguntando se não iria trabalhar Gregorio responde que acordou indisposto com muita dor nos pulmões ao respirar achava que iria pegar uma forte gripe .

Ela desconfiada começa a suspeitar a noite sem recursos algum ou médico por perto o estado de Gregorio começa a piorar muito na manhã seguinte ela retorna ao quarto dele antes de ir trabalhar bate na porta sem resposta faz uma segunda tentativa e não obtendo retorno entrou e encontrou Gregorio de bruços como se estivesse dormindo tocou nele o chamou , tocou ainda mais forte sem reação de sua parte ela começa a entrar em desespero e a gritar por ajuda pela casa toda os outros sem saber sai em assustados para fora ela só fala o nome do filho e todos saiem para o quarto dele mas o médico mais próximo ficava em Santo Antônio do Salto com a ajuda dos vizinhos mais próximos levam o garoto mas na metade do caminho acontece o que ninguém daquelas cinco pessoas esperava o filho mais amoroso de dona Lurdes estava a deixando .

 Com o coração dilacerado e se sentindo culpada pelo ocorrido fica dias e dias incomunicável , sem sair do seu canto um dia ela escuta alguém bater a porta de sua casa era o melhor amigo de infância de Gregorio Neto ele trazia nas mãos um boneco de madeira sentou do lado de dona Lurdes e disse : 
 - Esse boneco ganhei do Gregorio em nome da nossa amizade e agora estou devolvendo ele de um lugar que nunca deveria ter saído espero que te traga conforto .

Vendo o gesto tão nobre do garoto não consegue conter as lágrimas de emoção pois ela era espírita kardecista acreditando que o amigo de garoto tenha sido enviado para ali pelo filho na tentativa de ver um sorriso no rosto dela ela coloca junto as coisas do filho .

Autor : Eduarda Fagundes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo