Sindicato pediu vistoria seis meses antes de explosão de caldeira em restaurante comunitário

O Sindicato dos Servidores da Assistência Social e Cultural do GDF (Sindsasc) solicitou ao Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CMBDF), em setembro de 2018, laudo sobre as condições das instalações de gás e eletricidade nos restaurantes comunitários do DF. 

A solicitação foi feita por meio de ofício quase seis meses antes da explosão de uma caldeira que deixou três pessoas feridas, registrada nesta sexta-feira (5).
Na solicitação feita aos Bombeiros, a entidade pedia ao comandante-geral do CMBDF à época, Luiz Claudio Barbosa de Castro, o procedimento de vistoria ou apresentação do referente laudo,. À época, o presidente do Sindsasc, Clayton Avelar, inteirado sobre as más condições das instalações das cozinhas dos restaurantes, já temia pela integridade dos trabalhadores que atuam nestes locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo