Saúde: CRN-1 tem a eleição mais disputada da história

Nutricionistas elegem em setembro a nova diretoria da entidade, que representa a categoria nos estados de Goiás, Tocantins e Mato Grosso, além do Distrito Federal. Chapa 2, intitulada “Novos Desafios”, é tida como uma das favoritas para assumir o mandato, que vai de 2019 a 2022

O Conselho Regional de Nutricionistas – Região 1 (CRN-1), que representa a classe de nutricionistas do Distrito Federal e dos estados de Goiás, Mato Grosso e Tocantins, está com eleição marcada para os dias 6, 7 e 8 de setembro. O objetivo é eleger a nova diretoria da entidade, pelo período de outubro de 2019 a setembro de 2022.

 Ao todo, foram inscritas quatro chapas, configurando a eleição mais disputada até hoje no órgão, que responde por mais de 11 mil nutricionistas, técnicos em Nutrição e Dietética (profissionais que normalmente trabalham em hospitais, cozinhas e refeitórios, auxiliando nutricionistas). Pelo estatuto da entidade, no entanto, técnicos não têm direito a voto.

Realizada de forma digital, no site do CRN-1 (www.crn1.org.br), a eleição promete movimentar a categoria nos próximos meses. Entre as que disputam o pleito, que pela terceira vez acontece totalmente pela internet, está a chapa “Novos Desafios”, liderada pela nutricionista Simone Cunha, que já participou de duas gestões do CRN-1 – uma como coordenadora de Comunicação, entre 2004 e 2007; e outra como presidente, entre 2007 e 2010.


Experiência e diversidade - Aclamada como uma das chapas mais fortes desta eleição, a “Novos Desafios” conta com 18 integrantes, todos profissionais com muita experiência de mercado, nas diversas áreas dentro da Nutrição. “Temos em nossa chapa coordenadores de cursos de Nutrição em universidades públicas e privadas, professores, consultores do Sebrae, nutricionistas hospitalares, profissionais que atuam com consultórios clínicos, Nutrição Esportiva, Bariátrica, restaurantes de auto serviço, terceirizados e comerciais, além de Nutrição Escolar (PNAE) e nutricionistas que já foram técnicos de Nutrição e Dietética. Em resumo, somos a chapa mais diversificada deste pleito”, explica Simone Cunha.

De acordo com Simone Cunha, a chapa “Novos Desafios” é formada por  pessoas  que acreditam que a Nutrição mudou e que as entidades de classe precisam acompanhar esta mudança. “Grande parte dos profissionais do mercado hoje é das gerações Z e Y, ou seja, já nasceu tecnológica. Isso implica numa necessidade urgente de mudança na forma de se comunicar com este público. Outro ponto é a condução impositiva e pouco colaborativa da atual gestão, que tem fechado portas e impedido de avançarmos sob alguns aspectos”, pontua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo