​Volta às aulas e o choro... dos pais

Adultos também tem que se adaptar, e confiar, para deixar as crianças na escola sem lágrimas
A primeira semana da Alice, de 1 ano e 4 meses, na escola foi inesquecível. Só que mais para a mãe dela, a vendedora Lauriene Fernandes, de 29 anos. No primeiro dia de aula, a Lauriene ficou o tempo todo com a Alice na sala. Até aí, tudo bem. Mas no segundo dia foi aquela choradeira, das duas. Enquanto a Alice não conseguia ficar sem a mãe, e esticava os bracinhos para ser levada embora dali, a Lauriene teve muita dificuldade para deixar a filha na escola, e saiu chorando pelos corredores, até chegar no carro. E foi embora, aos prantos.
"Foi terrível escutar o choro dela, parecia que eu estava abandonando a minha filha, que ela estava sofrendo, e me sentia culpada. Me questionei se aquele era realmente o melhor momento de colocá-la na escola. Quase voltei atrás dessa decisão", conta Lauriene.

Foram duas semanas de choradeira. A Alice na sala de aula, a Lauriene, no corredor. Filha única, primeira escola da menina e primeira experiência da mãe com a educação da criança. Como adaptar aquela novidade na rotina das duas? Paciência, muita paciência, foi o que recomendou a pedagoga da Escola21, Carmen Oliveira. Ela pôs em prática o plano de ação da instituição para casos como de Lauriene.

“No primeiro dia de aula deixamos os pais ficarem dentro da sala, junto com os filhos. No segundo, eles ficam na escola, porém fora da sala. E também não ficam visíveis para a criança, só são acionados se houver necessidade. Outra estratégia é, se necessário, que a criança vá até o pai ou a mãe, e nunca o contrário. De outra forma, pode fazer com que o aluno desenvolva o hábito de chorar sempre que quiser a presença de um dos pais”, explica.
E se forem os pais os birrentos?

"Aí a gente explica que permanecer na escola pode ser prejudicial para o comportamento da criança”, complementa Carmen.
Assim como tantas outras mulheres, a Lauriene colocou a Alice na escola para poder voltar ao mercado de trabalho e ajudar na renda familiar. A choradeira começou em janeiro, e um mês depois as lágrimas deram lugar aos sorrisos, das duas, inclusive. E como aconteceu?

"Por orientação da Carmen, não fiquei mais na porta da sala, apenas no corredor, e assim ela foi acostumando. Eu ainda chorava porque a ouvia chorar dentro da sala. Mas quando percebi que ela já estava se adaptando à escola, às professoras e aos coleguinhas, tudo ficou melhor. Hoje, quando a deixo na escola ela me dá 'tchau' com as mãos", diverte-se Lauriene.

"O vínculo da criança com a escola deve ser sempre fortalecido, pois é aqui que ela passa boa parte do dia. O segredo está na confiança nos profissionais e no serviço prestado. A família deve conhecer bem o ambiente e as pessoas que lidam com os alunos. Esse é o segredo para que ninguém tenha que sofrer”, conclui Carmen.

A ex-mãe chorona agora incentiva outros pais a tomarem coragem e também passarem por essa experiência:
"Para os pais que tem dúvidas sobre a hora certa de colocar os filhos pela primeira vez na escola, principalmente por terem medo, não fiquem. É um momento delicado, realmente, mas essa adaptação leva um tempo. É bem sofrido no início ouvir o choro do filho achando que está sendo abandonado, mas depois tudo fica bem", tranquiliza Lauriene.

Dicas para controlar o medo e a ansiedade ao deixar os filhos pela primeira vez na escola:
- Quem trabalha fora pode, e deve, se dedicar ao trabalho. As mães que não tem uma ocupação, devem procurar fazer um curso, academia, qualquer coisa para controlar a ansiedade. Ninguém disse que, no começo, o momento de deixar o pequeno não é difícil.
- Estreitar o vínculo com a escola com uma ligação para saber como o filho está também é 'permitido'. Mas a regra vale somente para esse período de adaptação.

- Conversar com outras mães ajuda bastante, pois não ser a única a estar passando por isso é confortante, e, mais importante, saber que essa fase vai passar.
- Converse com a criança sobre a escola e o lado positivo, como fazer novos amigos, crescer, aprender coisas novas, legais e importantes.

Truques que prometem acabar de vez com a insônia

Ninguém gosta de passar noites em claro, é um fato, mas a solução vai muito além do hábito de contar ‘carneirinhos’.A falta de sono – ou, por outras
palavras, a incapacidade de adormecer – é um problema comum um pouco por todo o mundo e dos que mais afeta a qualidade de vida e a saúde. Além de aumentar os níveis de estresse e ansiedade – que intensificam-se à medida que as horas vão passando e o sono não vai chegando -, a insônia é ainda capaz de desregular o sistema hormonal e aumentar consideravelmente a sensação de cansaço e fadiga muscular.

Tratar este mal pode ser feito com o recurso a medicamentos ou suplementos que induzem o sono, mas é também possível optar por uma via mais natural, sem ‘entupir’ o organismo de químicos e falsas promessas. E nada como começar por procurar ajuda junto de um médico ou especialista, uma vez que a terapia cognitivo-comportamental é uma das ferramentas com mais taxa de sucesso no tratamento de insônias, pois ajuda a treinar o corpo e a mente para a hora do sono.

Por ter a capacidade de relaxar os músculos e de acalmar a mente, o magnésio é uma das melhores apostas no combate à insônia e isso pode ser feito por via de suplementos naturais ou com o reforço de determinados alimentos, como a banana, ou ainda com alguns truques alimentares. Também por ser uma espécie de calmante natural, a aromaterapia é um outro truque a ter em conta, especialmente se se apostar no óleo de lavanda, conta o site Bustle.

Para quem já experimentou todos os chás possíveis e imaginários e continua a lutar contra a falta de sono dia após dia, então está na hora de ir mais além e incluir o chá de flor de maracujá e o chá de valeriana nas opções, podendo encontrar esta variedade em lojas especializadas. A valeriana é uma raiz usada na formulação de medicamentos contra a ansiedade.
Ouvir música é a estratégia de algumas pessoas, mas a chave do sucesso pode estar na escolha de sonoridades binárias, isto é, músicas que apresentam diferentes batidas e níveis de som.

A meditação e a hipnose são outras ferramentas a ter em conta, diz a publicação, que inclui ainda a toma de suplementos de GABA (ácido gamma-aminobutírico, que atua como um neurotransmissor inibidor do stress) e 5-HTP (aminoácido extraído do feijão de Griffonia), que ajudam a induzir o sono sem causar dependência ou efeitos colaterais. A loção de sono da Lush – Sleepy Lotion – é outra alternativa apresentada.

SÉRIE DE VÍDEOS ENSINA COMO COMBATER AS VÁRIAS FORMAS DE DESPERDÍCIO EM RESTAURANTES

Ao longo de quatro vídeos gratuitos, a consultora gastronômica Luciana Félix ensina a diminuir o desperdício e aumentar a lucratividade no negócio

O sucesso de um empreendimento em tempos como os de hoje, de crise hídrica e destruição do meio ambiente, está intimamente ligado ao gerenciamento de práticas sustentáveis, que pensem em formas de aproveitar e reaproveitar a matéria prima e a mão de obra de maneira eficaz. Quando o negócio está dentro da gastronomia, o desafio é ainda maior, pois para garantir o bom desempenho, a empresa precisa pensar em combater todo tipo de desperdício: de água, comida, de produção, de espera, de entrega.

Mas como fazer para combater o desperdício em comércios como restaurantes e lanchonetes? Para responder a esta pergunta e como forma de ajudar os empresários, a chef e consultora gastronômica da Cazarrara - Assessoria para Restaurantes, Luciana Félix, lançou a série Combate ao Desperdício, com quatro vídeos online e gratuitos, em que explica como combater o desperdício dentro de restaurantes, bares, padarias e lanchonetes e aumentar os lucros no negócio. Quem tiver interesse, pode fazer a inscrição, até o dia 5 de março, para ter acesso à série Combate ao Desperdício pelo link: https://www.sympla.com.br/curso-de-combate-ao-desperdicio---cazarrara__238018
Na série, Luciana Félix explica que combater o desperdício no setor gastronômico é uma prática que, se bem aplicada, não apenas contribui para manutenção do meio ambiente, como também pode aumentar os lucros do empreendimento. Entre as dicas, Luciana fala controle de qualidade 5S (senso de utilização, organização, limpeza, saúde e autodisciplina), compras, controle de estoque, entre outros temas. “O desperdício é um fator determinante no setor gastronômico, ele deve ser mensurado e combatido em suas diversas manifestações” afirma a consultora. “A taxa de mortalidade de empreendimentos é muito grande, a lucratividade é baixa e muitos estabelecimentos ainda precisam entender quais as suas fontes de desperdício e como combatê-lo. Desta forma será possível aumentar a lucratividade sem aumentar o faturamento bruto”, completa. 
 Sobre Luciana Felix - Atuando há quase 20 anos como consultora, com experiência em gerenciamento de alimentos e bebidas, Luciana Félix é chef de cozinha e ministra cursos de gerenciamento para equipes de empreendimentos gastronômicos. Ela já foi instrutora do Senac-DF na área gastronômica e tem experiência em rede de franquias de fast-food.

Sobre a Cazarrara – A empresa de consultoria busca promover a qualidade em todos os setores dos estabelecimentos de alimentação para que haja satisfação de empresários e clientes, aumentando, desta forma, a lucratividade e credibilidade de empreendimentos gastronômicos. Para isso, a empresa oferece serviços, como: cursos de barista, confeitaria, de garçom, de pães artesanais, de salgados, de atendimento ao cliente; treinamentos de formação para gerentes, em boas práticas na manipulação de alimentos; gestão e gerenciamento; coaching para líderes e empreendedores; elaboração de cardápios, de fichas técnicas com cálculo CMV e de manual interno; formação de franquias; implantação de cafeterias, de fast-food, de restaurante; supervisão operacional; planejamento estratégico; gerenciamento de estoque. 

Serviço
Curso Combate ao desperdício em restaurantes
Cazarrara - Assessoria para Restaurantes
Quem tiver interesse, pode acessar à série Combate ao Desperdício pelo link: https://www.sympla.com.br/curso-de-combate-ao-desperdicio---cazarrara__238018

10 usos do micro-ondas que vão muito além de esquentar comida

Seu micro-ondas tem muito mais utilidades do que apenas requentar o almoço!Tem gente que não gosta de esquentar comida no micro-ondas e não
abre mão do bom e velho fogão. Tudo bem, a gente respeita se esse for o seu caso, mas não é por isso que esse eletrodoméstico não tem nenhuma função na sua vida!
Na verdade, além de esquentar refeições e fazer pipoca de saquinho, o micro-ondas nos oferece várias possibilidades bastante úteis, seja na hora de cozinhar, de limpar ou mesmo de resolver alguns problemas do dia a dia. Conheça 10 truques inusitados desse aparelho:
1. Fazer chips de frutas e vegetais:
Corte fatias bem finas da fruta ou vegetal escolhido, coloque-as bem espalhadas em cima de uma folha de papel-toalha e deixe no micro-ondas por 2 minutos. Vire as fatias e deixe mais 2 minutos. Se elas ainda não estiverem crocantes, vire novamente e deixe mais 1 minuto, repetindo esse passo até chegar ao ponto desejado.
Você pode usar abacaxi, maçã, banana-da-terra, coco, abobrinha, batata, batata-doce, cenoura, mandioquinha e vários outros vegetais.
2. Aproveitar todo o suco do limão:
Colocar o limão no micro-ondas por 30 segundos antes de espremê-lo vai permitir que você tire muito mais suco. Isso acontece porque os gomos se soltam da casca e fica mais fácil rompê-los.

3. “Fritar” bacon

Coloque as fatias de bacon entre duas folhas de papel-toalha e deixe no micro-ondas por 2 minutos em potência alta. Se o bacon ainda não estiver crocante, coloque novamente por mais 20 segundos, repetindo esse passo até o ponto desejado.
4. Remover a casca do alho:
Coloque os dentes de alho dentro do micro-ondas e deixe de 8 a 15 segundos (não mais do que isso para não queimar). A casca vai se soltar praticamente sozinha, evitando deixar cheiro nas mãos.
5. Eliminar o choro na hora de cortar cebola:
Corte as extremidades da cebola e coloque-a no micro-ondas por 30 segundos em potência máxima. Com isso, você evita que ela libere as moléculas voláteis que irritariam seus olhos e fariam você lacrimejar.
6. Higienizar esponja e panos de pia:
Para desinfetar a esponja e os panos de pia, basta colocá-los no micro-ondas na potência mais alta por alguns minutos, o que vai matar as bactérias causadoras de doenças. Só tome cuidado para não usar esse truque com palha de aço.
7. Desinfetar a tábua de cortar:
Esta dica tem o mesmo princípio da anterior: matar as bactérias com a alta temperatura. Para isso, lave bem a tábua de cortar, esfregue limão e coloque-a no micro-ondas em potência máxima por 1 minuto.
8. Recuperar o rímel ressecado:
Se o seu rímel secou e o frasco ainda não está tão vazio assim para você jogar fora, experimente colocá-lo por 30 a 40 segundos no micro-ondas junto com um copo de água.
9. Fazer compressas quentes:
Está sem sua bolsa de água quente? Então você pode aquecer uma toalha úmida por 40 a 60 segundos no micro-ondas. Tenha muito cuidado ao retirá-la do aparelho e sempre verifique a temperatura antes de fazer a compressa para não se queimar.
10. Limpar o próprio micro-ondas:
Quer limpar o micro-ondas de uma forma fácil depois de fazer qualquer um desses truques? Basta colocar um recipiente de vidro com uma colher de sopa de vinagre e deixar por 5 minutos em potência máxima. Deixe o aparelho fechado por mais 3 minutos e, quando você abrir, a sujeira terá se soltado. Use papel-toalha ou um pano seco limpo para removê-la.
Viu só como o micro-ondas é super versátil? Para aproveitar todas as dicas com segurança, lembre-se de usar apenas recipientes e utensílios próprios para esse eletrodoméstico e tenha muito cuidado ao retirá-los para não se queimar.

Por:Raquel Praconi Pinzon    
Fonte: Dicas de Mulher 





Curso de Superação do Medo de Dirigir com inscrições abertas

As aulas são gratuitas e começam no dia 19 de março, no turno matutino
O Departamento de Trânsito do Distrito Federal está com inscrições abertas
para o curso de Iniciação à Superação do Medo de Dirigir, que acontecerá de 19 a 27 de março e no dia 13 de abril, com aulas no turno matutino.
O curso, totalmente gratuito, tem carga horária de 32 horas-aula e é destinado a condutores habilitados que buscam ajuda para superar o medo de dirigir ou querem conhecer mais sobre o assunto.

 As aulas acontecerão em dias úteis, das 8h15 às 11h15, na Escola Pública de Trânsito, localizada na 906 Sul. A aula do dia 13 de abril será para os alunos socializarem os avanços conseguidos após o curso.
 Estão disponíveis 35 vagas. Para se inscrever, os interessados devem comparecer ao atendimento da Escola Pública de Trânsito, das 7h30 às 18h, portando a Carteira Nacional de Habilitação.

'Não perdoo', diz mãe de youtuber morta com tiro na cabeça

Os órgãos e o cabelo de Isa, como era conhecida, foram doados; o corpo foi enterrado na manhã desta sexta-feira (16).Em entrevista à RPC (afiliada da
Rede Globo), a mãe da youtuber Isabelly Cristine Santos, morta após levar um tiro na cabeça no litoral do Paraná, na madrugada de quarta-feira (14), disse que não perdoa os suspeitos de assassinar sua filha.
"Não perdoo. Posso perdoar muito mais para frente, mas sinto muito, mas eu não perdoo", afirmou Rosania Domingos Santos.

"Eles tiraram a vida da minha filha, tiraram meu bem maior, o meu amor, a minha vida. Eu não sei o que vai ser daqui pra frente sem ela, não sei, porque ela era minha melhor amiga, minha companheira", disse.
A morte cerebral de Isa foi confirmada na noite de quarta-feira (14). Os órgãos e o cabelo de Isa, como era conhecida, foram doados. O corpo foi enterrado na manhã desta sexta-feira (16).

O Crime
Isa foi baleada um pouco acima do olho esquerdo, por volta das 2h. Ela estava no banco de trás de um veículo branco, junto com a mãe. Na frente, conforme a polícia, estavam um amigo e o pai do amigo.
Em depoimento à Polícia Civil, o pai do amigo é Herbert Luiz de Félix, que dirigia o veículo disse que foi fechado por um carro pouco antes do crime.

Mãe flagra estuprador da própria filha

O suspeito conseguiu fugir antes da chegada da polícia e a menina foi levada para o Hospital. Mais um caso de abuso sexual, dessa vez registrado no bairro
do Grotão, em João Pessoa, Paraíba, ocorreu nesta quinta-feira (16). Ao chegar em casa, a mãe se deparou com a filha de 15 anos nua, aparente dopada, e com um homem em cima dela.

Segundo informações repassadas pela mulher aos enfermeiros que atenderam a adolescente, que encontrou a cena ao chegar na própria casa, por volta das 19h. O suspeito conseguiu fugir antes da chegada da polícia e a menina foi levada para o Hospital Infantil Arlinda Marques.

De acordo com o 'G1', o Conselho Tutelar também foi chamado e levou a mãe até na Central de Polícia para registrar a ocorrência. "Estamos levando a família para dar apoio necessário. Vamos aplicar as medidas em nível de segurança para garantir os direitos da menina", informou a conselheira tutelar Sandra Rodrigues.

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo